Imobiliária em Contagem registra cerca de 100% de aumento nas vendas de imóveis novos

Necessidade de passar mais tempo em casa modificou prioridades das pessoas e fez crescer demanda por nova moradia na região metropolitana de BH

Com a pandemia de Covid-19, a região metropolitana de Belo Horizonte se tornou um refúgio, sem a agitação da capital, e tem atraído pessoas que buscam por uma nova moradia com espaços maiores e áreas de lazer. Em Contagem, a demanda está aquecida e, em março, as vendas foram 20% superiores às do mês anterior. Os dados do Instituto Data Secovi, da CMI/Secovi-MG (Câmara do Mercado Imobiliário e Sindicato das Empresas do Mercado Imobiliário de Minas Gerais), mostram que a venda de imóveis na cidade passou de 544, em fevereiro, para 652 em março.

A alta nas vendas foi notada pela Sancruza Imóveis, localizada no bairro Eldorado. Segundo Carlos Henrique Santos, diretor comercial da imobiliária, houve um aumento de cerca de 100% nas vendas de imóveis em maio, totalizando o maior VGV (Valor Geral de Vendas) comercializado pela empresa desde março do ano passado. “Esse resultado é fruto de um conjunto de fatores, em especial o desejo dos compradores em morar em um imóvel mais amplo e as taxas de financiamento em patamares reduzidos”, afirma.

Segundo ele, há um crescente aumento na demanda pela compra de uma segunda moradia na região. “Estimuladas pelo isolamento social, as pessoas têm buscado por imóveis maiores e mais confortáveis. Estamos vendendo muito imóvel para nova moradia, porque agora as pessoas perceberam que precisam de um quarto a mais ou um espaço melhor de área de lazer”, conta. Ele destaca que o home office deu mais liberdade para as pessoas buscarem regiões mais distantes do trabalho, mas ainda não observa um movimento forte de migração de pessoas da capital para Contagem. “Temos muita demanda de pessoas da própria cidade. O isolamento social fez com que as pessoas buscassem novas prioridades e focassem em qualidade de vida”, avalia Santos.

anúncios

Com o aquecimento do mercado, a imobiliária ampliou a equipe e hoje conta com 44 corretores. “Estamos com uma demanda muito alta; por isso, estamos investindo também na nossa equipe, contratando mais pessoas e focando no desenvolvimento profissional dos nossos colaboradores. Tudo isso pensando também em atender nosso cliente com ainda mais qualidade”, afirma. Para se adaptar ao novo cenário, o diretor destaca o investimento da empresa nos canais digitais, como visitas virtuais e fechamento de contratos de forma totalmente on-line.

Una oferece atendimento gratuito de fisioterapia

Serafine arrecada alimentos para mais de 50 cidades mineiras