As Panteras

Filme dirigido por Elizabeth Banks, figurinha marcada em Hollywood pelas suas atuações nas trilogias Jogos Vorazes e Homem Aranha, entre outros, e pela direção de A Escolha Perfeita 2 de 2015. Em As Panteras 2019 além de dirigir, ela também colaborou no roteiro e atua.

Esse longa que é uma mistura de reboot e sequência da franquia As Panteras e nos mostra um novo grupo de Panteras que tenta impedir que uma arma tecnológica se torne uma grande ameça a humanidade e ao mesmo tempo, elas precisam lidar com um novo Bosley e uma recruta ainda inexperiente. O filme expande mais o universo por traz da organização e nos dá uma ideia de como os cargos são distribuídos, deixando algumas pontas que podem ser exploradas em possíveis continuações.

Acho que nós últimos anos ficamos mal acostumados com tantos filmes bons de ação que foram lançados, como John Wick, Kingsman – Serviço Secreto, Atômica, que são filmes com planos longos, cenas bem coreografadas e uma historia mesmo que não seja a mais elaborada possível é intrigante e envolvente. Já nesse As Panteras não é isso tudo, mas nem tenta ser, a proposta do filme é ser um misto de comedia e ação descompromissada, sem historia muito reflexiva mas que diverte o publico e tenta trazer personagens femininas em um roupagem menos sensualizada e exagerada.

Elizabeth Banks que já trabalhou em filmes com mulheres fortes, tenta trazer toda essa bagagem acumulada e quebrar o esteriótipo de donzela indefesa, pois nem sempre a franquia conseguia fazer isso com primor, já que nos filmes anteriores a câmera focava mais nos decotes e mostrava as personagens de forma boba e simples. O filme já começa com uma piada feminista e mostra o tom que ele vai seguir até o final.

anúncios

Kristen Stewart já foi muito criticada por sempre mostrar personagens apáticos, sem muita expressão e sempre usar a mesma cara, mas nesse filme ela até que atua bem como alivio cômico, ela faz a personagem Sabina, que é uma menina bobinha e sedutora mas que sabe ser imponente quando precisa e é utilizada como distração nos planos elaborados pelas Panteras. Ella Balinska interpreta Jane, uma ex-agente do MI6, perita em combate, inteligente e focada.  Naomi Scott que fez o ultimo filme do Aladdin, interpreta Elena, uma nerd, hacker que se junta ao grupo de ultima hora de forma involuntária. A química entre as 3 é legal e cada esteriótipo é utilizado de maneira interessante e faz o filme fluir.

Já o roteiro as vezes enrola um pouco, e as descobertas não são tão intrigantes, as reviravoltas não empolgam, e algumas vezes os efeitos visuais ficam mal feitos e as cenas de ação não são as melhores.

Como eu já havia falado o filme é um entretenimento puro, muitas cenas exageradas, cenas de ação com muitos cortes, uma historia já batida, mas atinge certo publico e como também já havia dito ele não é pretensioso e nem tenta ser, é fiel aos trailers e a proposta.

Se você quiser só desligar o cérebro comer pipoca e dar umas risadas você vai conseguir sim.

Confira o trailer.

 

Written by Pedro Rodrigues

Exterminador do Futuro : Destino Sombrio

Reveillon IATE

Revellon IATE