Zoológico de BH passa a exigir vacina contra Febre Amarela de visitantes

Foto: Divulgação

A febre amarela está mesmo preocupando Minas Gerais. A partir de fevereiro o Zoológico de Belo Horizonte vai passar a exigir dos visitantes o comprovante de vacinação contra a febre amarela, além do documento de identidade.

Do próximo sábado (27) até o dia 1º de fevereiro o zoológico estará fechado. O local passará por adaptações e reorganizações necessárias para garantir mais seguranças aos animais e também aos visitantes e trabalhadores.

Segundo o presidente da fundação, Sérgio Augusto Domingues, as medidas são para a segurança dos próprios visitantes, uma vez que, o local concentra muitas pessoas e está em meio à mata. Pequenos primatas com maior risco de contaminação estão sendo levados para uma área reservada e protegida por telas finas.

Vale lembrar que os primatas não são transmissores da doença. Somente o mosquito Aedes pode fazer a contaminação pela Febre Amarela. Fique atento também a vacinação que acontece de forma ostensiva em Belo Horizonte e região. A dose é indicada a todos, exceto:

anúncios

– Crianças menores de 9 meses de vida

– Pessoas com alergia grave ao ovo ou outro componente da vacina

– Portadores de imunossupressão grave

– Pessoas em uso de corticoide em doses elevadas

– Portadores de doenças: lúpus, artrite reumatoide, doenças de Addison

Por Redacao

.

Prazo para regularizar CNPJ termina nessa sexta (26)

Mostra Metal Minas exibe filmes em BH