TEATRO FELUMA RECEBE ESPETÁCULOS DA CAMPANHA DE POPULARIZAÇÃO DO TEATRO & DANÇA

“Capitão Fracasso”, de Luiz Paixão, espetáculo inspirado no romance Le Capitain Fracasse, de Théophile Gautier, abre a programação no Teatro Feluma, no dia 20 de janeiro. Espaço terá também apresentações das peças “Atendendo a Pedidos”, “Maio, Antes que Você me Esqueça”, “Defunto Bom é Defunto Morto”, a “A Porta e o Vestido”.

anúncios

Após dois anos sem acontecer em virtude da pandemia, a Campanha de Popularização do Teatro & Dança chega a sua 47ª edição e retorna aos palcos de Belo Horizonte até o dia 27 de fevereiro. A programação irá ocupar os teatros da cidade com mais de 80 espetáculos adulto, infantil e dança, sendo 25 inéditos na Campanha. Os ingressos custam R$ 20,00 (vendidos nos postos do Sinparc e online www.vaaoteatromg.com.br).

O Teatro Feluma – mais novo espaço cultural em Belo Horizonte – irá receber parte dos espetáculos participantes da Campanha e considera a retomada do evento um marco para os produtores e artistas locais. “A Campanha de Popularização do Teatro & Dança é um acontecimento muito esperado no calendário da cidade, tanto pela classe artística, quanto pelo público, por tamanha função que representa: apoiar, fomentar e democratizar o teatro mineiro. Minas Gerais é um celeiro de grandes artistas e produções, e essa reocupação do teatro pela Campanha é muito esperada por todos nós. E como se fosse um respiro para o setor teatral”, comemora Jair Raso, dramaturgo, diretor e curador do Teatro Feluma.

 

Ana Gusmão, atriz e coordenadora do Teatro Feluma, relembra que o espaço recebeu a 46ª Campanha de Popularização do Teatro & Dança, em 2020, logo após a sua inauguração e pouco antes da pandemia. “A Campanha foi, praticamente, o primeiro grande acontecimento artístico-cultural no Teatro Feluma, pois inauguramos o espaço em dezembro de 2019 e recebemos o evento já em janeiro de 2020. E foi um sucesso enorme, com espetáculos do início ao fim da Campanha. Agora imagine um teatro, recém-inaugurado, que fecha as suas portas para o público e precisa se reinventar no formato virtual? Um desafio imenso, afinal estávamos começando. Mas seguimos firmes e aqui estamos novamente com as portas abertas, agenda tomada por espetáculos participantes da Campanha, após dois anos tão difíceis para a classe artística”, celebra Ana Gusmão.

Cinco espetáculos estarão em cartaz no Teatro Feluma: “Capitão Fracasso”texto e direção de Luiz Paixão (dias 22, 23, 29 e 30 de janeiro), “Atendendo a Pedidos”, direção e dramaturgia de Lenine Martins e Robson Vieira, e atuação de Robson Vieira (dias 24, 25, 26 e 31 de janeiro e 02 e 03 de fevereiro), “Maio, Antes que Você me Esqueça”, texto e direção de Jair Raso, atuações de Ilvio Amaral e Maurício Canguçu (dias 04, 05, 06, 11, 12, 13, 18, 19 e 20 de fevereiro), “Defunto Bom é Defunto Morto”, texto de Jair Raso e Ricardo Batista, e direção e atuação de Ricardo Batista (dias 08, 09, 10, 14 e 15 de fevereiro), e “A Porta e o Vestido”, direção de Carluty Ferreira, dramaturgia e atuação de Fernando Fabrini (dias 16, 17, 21, 22, 23 e 24 de fevereiro).

“Estamos trazendo espetáculos adultos, que passam pelas diversas linguagens do teatro. Um deles é o drama Capitão Fracasso, com texto e direção de Luiz Paixão, montagem inspirada no romance Le Capitain Fracasse, de Théophile Gautier, que já participou de diversos festivais internacionais de teatro online; a comédia Defunto bom é defunto morto, com o Ricardo Batista, indicado ao prêmio Usiminas Sinparc de melhor ator de comédia de 2018, em remontagem repaginada, com novidades na estrutura cênica; Maio, Antes que Você me Esqueça, com Ilvio Amaral e Maurício Canguçu, que fez uma brilhante temporada em Belo Horizonte no ano passado e agora poderá ser vista dentro da Campanha; e outros espetáculos, também todos brilhantes. As produções locais são de uma qualidade imensurável. Minas é berço de grandes artistas e se pudéssemos todos estariam dentro do nosso teatro, que foi inaugurando justamente com o objetivo de fomento e apoio às artes cênicas mineiras”, conta o curador do Teatro Feluma, Jair Raso.

anúncios

O lançamento da programação da 47ª Campanha de Popularização do Teatro & Dança ocorreu no último dia 11, no Teatro Feluma.  Para Dilson Mayron, coordenador do Sinparc, a Campanha simboliza o renascimento do teatro. “As pessoas estão desejando ir ao teatro e a Campanha retorna após dois anos reabrindo as portas de vários espaços da cidade. Neste momento, não estamos preocupados com o número de público. O nosso desejo é que as pessoas voltem a ir ao teatro, com segurança”, diz durante.

COVID-19

O Teatro Feluma segue rigorosamente com todas os protocolos de segurança para a prevenção da Covid-19. O uso de máscara é obrigatório e o fluxo de pessoas na entrada e saída é controlado pela equipe de produção do Teatro para evitar aglomerações no foyer e elevadores.

anúncios

TEATRO FELUMA

Iniciativa da Fundação Educacional Lucas Machado (Feluma) –  mantenedora da Faculdade Ciências Médicas MG – que acredita no intercâmbio entre a arte, a ciência e o conhecimento para o aprendizado e formação ampla e integral do ser humano. Inaugurado em dezembro de 2019, o espaço integra o Circuito Liberdade, um dos maiores complexos artísticos e culturais do Brasil, composto por 32 instituições ​localizadas na capital mineira.

Atualmente, o Teatro Feluma se configura como um espaço vivo e pulsante, aberto às diferentes linguagens artístico-culturais ​e científicas. Com plateia de 408 lugares, palco com 14m de boca de cena, recursos de iluminação, ​sonorização e filmagem de elevado padrão técnico, o espaço é preparado para abrigar espetáculos de dança, teatro, música, artes visuais, lançamentos literários e os mais distintos eventos. A curadoria artística do Teatro Feluma é de Jair Raso, um dos maiores neurocirurgiões do país, também reconhecido na dramaturgia pela autoria de grandes espetáculos como “Chico Rosa”, “Espelho e Memórias em tempos líquidos” e “Maio”.

 

SERVIÇO:

47ª Campanha de Popularização do Teatro & Dança

Espetáculos em cartaz no Teatro Feluma

Alameda Ezequiel Dias, 275 – 7° Andar – Centro, Belo Horizonte – MG

 

“Capitão Fracasso”

Texto e direção: Luiz Paixão

Data: dias 22, 23, 29 e 30 de janeiro

Horário: 20h (sábados) e 19h (domingos)

Classificação: livre

“Atendendo a Pedidos”

Direção e Dramaturgia: Lenine Martins e Robson Vieira

Atuação: Robson Vieira

Data: dias 24, 25, 26 e 31 de janeiro e 02 e 03 de fevereiro

Horário: 20h

Classificação: 16 anos

“Maio, Antes que Você me Esqueça”

Texto e direção:  Jair Raso

Atuações: Ilvio Amaral e Maurício Canguçu

Data: dias 04, 05, 06, 11, 12, 13, 18, 19 e 20 de fevereiro

Horário: 21h (sextas e sábados) e 19h (domingos)

Classificação: 12 anos

“Defunto Bom é Defunto Morto”

Texto: Jair Raso e Ricardo Batista

Direção e atuação: Ricardo Batista

Data: dias 08, 09, 10, 14 e 15 de fevereiro

Horário: 20h

Classificação: 12 anos

“A Porta e o Vestido”

Dramaturgia e atuação: Fernando Fabrini

Direção: Carluty Ferreira

Data: dias 16, 17, 21, 22, 23 e 24 de fevereiro

Horário: 20h

Classificação: 14 anos

 

Ingressos: R$ 20,00 (valor único) nos postos do Sinparc ou pelo site www.vaaoteatromg.com.br

Na bilheteria do teatro: preços variam entre R$ 42,00 a R$ 60,00, de acordo com cada espetáculo. Informações: www.vaaoteatromg.com.br  |@campanha_do_teatro | @sinparcmg

Por Redacao

.

Wish Serrano Resort & Convention Gramado GJP COM DIÁRIAS A PARTIR DE 460 REAIS

SHOPPING CIDADE SERÁ PALCO DA 47ª CAMPANHA DE POPULARIZAÇÃO DO TEATRO