Sem negociação, greve dos professores continua em BH

Foto: Divulgação Paula Dalferro

A greve dos professores da rede pública de educação de Belo Horizonte deve continuar. É o que indica uma assembleia realizada nesta quinta-feira (10). Os Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal de Belo H0rizonte (Sind-Rede BH) aguarda, juntamente com os profissionais, um posicionamento do prefeito Alexandre Kalil (PHS) para uma possível negociação.

+Internautas reclamam do aumento em bilhete no metrô da Capital 

+Verba de Campanha será 2,5 bilhões de reais

 

anúncios

A paralização da classe começou no último dia 23 de abril e tem como principal objetivo a igualdade salarial com os professores do Ensino Fundamental. Apesar da adesão de mais de 70% dos profissionais, a Prefeitura de Belo Horizonte informou em nota que descarta o aumento e a possibilidade de uma nova reunião.



Nesta sexta-feira (11) o Sindicato vai realizar algumas ações relacionadas ao movimento gravista. às 13h30 acontece o acompanhamento da Comissão de educação na Câmara Municipal de Belo Horizonte. às 14h o ato “Mãe que luta, educa” na praça 7 e às 17h manifestação contra o aumento da tarifa do metrô.

 

Por Redacao

.

Shakira anuncia shows do Brasil

Princípio de incêndio no Boulevard Shopping assusta frequentadores