Rede Mater Dei de Saúde BH investe na formação e capacitação de profissionais da enfermagem

Com dois programas focados em estágio e pós-graduação lato sensu, rede hospitalar aproveita mais de 60% da mão de obra em suas vagas internas

 

 

anúncios

Conectada ao seu compromisso de cuidar e respeitar profundamente as pessoas, com um jeito diferenciado de acolher e cuidar dos pacientes, colaboradores e corpo clínico, a Rede Mater Dei de Saúde tem, desde a sua fundação, a preocupação com a formação de profissionais alinhados à cultura, missão e valores da empresa.  Visando o crescimento da Mater Dei, em 2012, o programa de estágio em enfermagem foi reestruturado com objetivo de formar profissionais de enfermagem alinhados ao perfil da instituição. Já passaram por este processo 2,3 mil estagiários, a maioria jovens em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho.

Para o presidente da Rede Mater Dei, Henrique Salvador, o constante investimento em capacitação dos profissionais da enfermagem é peça fundamental na oferta de um serviço de saúde de qualidade. “Temos de encontrar cada vez mais meios para garantir o acesso das pessoas a uma prestação de serviços de saúde efetiva, e isso passa pelo processo de treinamento e capacidade dos nossos profissionais da enfermagem, que recebem treinamento desde o primeiro momento que entram em nossos hospitais, sendo acompanhados continuamente por outros profissionais mais experientes.”

Cerca de 80% dos técnicos em enfermagem que atuam hoje nos hospitais da Rede Mater Dei em BH e Betim-Contagem, são oriundos deste programa de estágio; e 61% dos enfermeiros que cursam a especialização em enfermagem permanecem na rede hospitalar.

“Investimos na formação dessa mão de obra para que tenhamos em nosso corpo de profissionais pessoas que prestem assistência do Jeito Mater Dei de Atender. Os profissionais da enfermagem são fundamentais para nós, afinal, são eles que atendem o paciente de ponta a ponta”, diz a coordenadora do Setor de Educação Corporativa da Mater Dei, Flaviane Alves Muniz.

Presentes na linha de frente em qualquer estrutura de saúde, os profissionais da enfermagem – técnicos e graduados – são parte fundamental da engrenagem dos atendimentos em unidades de saúde em todo o país. “A enfermagem é a alma das unidades hospitalares, pois é ela que materializa o tratamento no dia a dia do paciente, ofertando o cuidado. E hoje, mais do que isso, a enfermagem é técnica e científica e os profissionais têm um olhar de cuidado integrado da pessoa. Os profissionais da enfermagem passaram a ocupar postos chave dentro das estruturas hospitalares, tendo uma visão holística e integrada dos tratamentos do paciente e também uma visão completa do funcionamento hospitalar”, diz a enfermeira Marianna Xavier Dias, gerente geral do Hospital Mater Dei Contorno.

O enfermeiro é o profissional responsável pelo cuidado centrado no paciente, desde o primeiro contato na triagem, passando pela atuação no pronto-socorro, procedimentos cirúrgicos, nos centros de tratamento intensivo, nos cuidados pós intervenções, tudo isso demanda a presença de um profissional da enfermagem. E muitos seguem assistindo a pessoa em casa, após o contato com o ambiente da unidade de saúde. De acordo com o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), há no país 2,65 milhões de profissionais da área – entre auxiliares, técnicos, graduados e obstetrizes.

De acordo com Flaviane Muniz, os profissionais da enfermagem representam o maior contingente de profissionais das unidades hospitalares e são pessoas que têm ganhado cada vez mais espaço e visibilidade no mercado de trabalho. “São profissionais que têm assumido cargos estratégicos e de relevância no setor de saúde, ocupando cargos de liderança nas áreas de Inovação, Tecnologia da Informação, Qualidade, Contas Hospitalares, entre outros”, assinala.

Centro de Formação Institucional – Por meio de parcerias com as escolas técnicas de enfermagem, os alunos podem realizar seus estágios nas unidades do hospital e através da Educação Corporativa participam de programas de capacitação técnica e comportamental essenciais para complementar a sua formação profissional.

anúncios

“No estágio, os futuros técnicos em enfermagem aprendem a atender bem o paciente, e tem contato com a nossa cultura e os valores do Mater Dei, colocando o paciente no centro do cuidado através de um atendimento de excelência”, acrescenta Flaviane.

Outra linha da Educação Corporativa é o programa de especialização em enfermagem que o hospital mantém com o Centro Universitário Uni-BH, em formato de pós-graduação lato sensu e, por meio da parceria, dá oportunidade para os profissionais se tornarem especialistas em enfermagem hospitalar. Este curso tem editais semestrais, duas vezes ao ano.

Sobre a Rede Mater Dei de Saúde

anúncios

Somos uma rede de saúde completa, com 41 anos de vida, tendo o paciente no centro de tudo e ancorada em três princípios: inteligência e humanização como pilares do atendimento; tecnologia como apoio da excelência; e solidez das governanças clínica e corporativa. Nossos serviços médico-hospitalares estão disponíveis para toda a família, em todas as fases da vida, com qualidade assistencial e profissionais altamente capacitados e especializados. Estamos em expansão, levando para mais pessoas o Jeito Mater Dei de Cuidar e de Acolher. Nossa premissa é valorizar a vida dos nossos pacientes em cada atendimento, disponibilizando o melhor que a medicina pode oferecer.

Pacote de Viagem – Rio de Janeiro + Búzios – 2023 – a partir de R$ 799,00

XIV edição do BH Soul Blues Festival terá uma grande festa de encerramento com shows nacionais e internacional