Qual é o papel da tecnologia para que as bagagens cheguem a tempo e ao destino correto em viagens?

Nos últimos anos, assistimos ao colapso da indústria do turismo como resultado da emergência de saúde. Hoje, mais de dois anos após o início da pandemia, os aeroportos estão novamente lotados de viajantes. Estudos indicam que cerca de 50% dos brasileiros retomaram seus planos de viagem durante o primeiro semestre de 2022 e esse número continua aumentando, o que representa novos desafios para as companhias aéreas. Depois de anos de confinamento, perto das férias do meio do ano, os turistas estão empolgados para viajar novamente e esperam aproveitar suas férias sem complicações, por isso têm grandes expectativas e novas demandas.

Estima-se que ao longo do ano mais de 25 milhões de malas sejam perdidas nos aeroportos, causando uma perda monetária significativa para as companhias aéreas e grande insatisfação por parte dos viajantes. Quase metade das malas são perdidas devido a problemas com a transferência dos voos e outra grande parte devido a erros humanos.

anúncios

Para evitar que esses tipos de falhas aconteçam e as bagagens cheguem ao destino errado, as companhias aéreas precisarão investir em tecnologia que lhes permitam gerenciar melhor as malas e criar processos mais eficientes. A Zebra Technologies, empresa líder em soluções tecnológicas inovadoras para diversos setores, explica quais são as principais tecnologias que ajudarão as companhias aéreas a oferecer viagens sem imprevistos.

Etiquetas RFID

Rastreamento ou marcação incorretos de bagagem podem arruinar a experiência do viajante e levar a perdas monetárias. Ter um melhor controle das malas que entram em cada um dos voos é essencial para o sucesso de qualquer operação aérea.

Nos últimos anos, a Associação Internacional de Transporte Aéreo tem destacado a importância da implementação da tecnologia RFID para que as malas possam ser identificadas em diferentes postos-chave ao longo da viagem, facilitando muito o processo de localização de bagagens e reduzindo custos de envio. O uso de etiquetas RFID para identificação de bagagem permitirá a otimização e automação das operações relacionadas à bagagem, melhorando a satisfação do consumidor por meio de uma melhor visibilidade operacional.

Tecnologia móvel

Como parte dos processos de modernização, buscando o aumento da eficiência operacional, os aeroportos estão automatizando o rastreamento de bagagens e os dispositivos móveis têm se mostrado grandes aliado nesse processo.

Dispositivos como computadores móveis permitem que as companhias aéreas identifiquem se uma mala está sendo colocada no voo errado, proporcionando maior confiabilidade e tranquilidade para turistas e funcionários do aeroporto. Além disso, esse tipo de tecnologia foi projetada para ser ergonômica e de fácil utilização para os operadores de campo, pois possui acessórios que transformam o equipamento em tecnologia vestível, simplificando a portabilidade e deixando as mãos livres. Além disso, ao escanear a etiqueta de bagagem, os dispositivos piscam uma luz vermelha se a bagagem estiver no voo errado ou, alternativamente, uma luz verde se o avião for o correto, o que torna o processo muito intuitivo e ágil.

“Se as companhias aéreas quiserem atingir os patamares que tinham antes da pandemia, e até melhorar seus índices de satisfação entre os turistas, precisam modernizar seus processos para lidar com o novo consumidor que está se tornando cada vez mais exigente na hora das viagens.”, disse Levi Lima, gerente de engenharia da Zebra Technologies no Brasil.

anúncios

É fato que as companhias aéreas devem estar preparadas para dispor de ferramentas que lhes permitam fazer jus à elevada procura de viagens que poderão acontecer com a forte retomada do turismo. É aqui que a adoção da tecnologia desempenha um papel importante, pois é o próximo passo para otimizar e resolver as diferentes dificuldades que podem surgir devido ao alto fluxo turístico. É importante implementar diferentes métodos e dispositivos tecnológicos em conjunto com estratégias que envolvam o gerenciamento correto da bagagem para que, assim, ela possa chegar ao seu proprietário e o usuário possa desfrutar de férias tranquilas.

SOBRE A ZEBRA TECHNOLOGIES  

A Zebra (NASDAQ: ZBRA) permite que as organizações prosperem na economia sob demanda, tornando todos os colaboradores e ativos da linha de frente visíveis, conectados e totalmente otimizados. Com um ecossistema de mais de 10.000 parceiros em mais de 100 países, a Zebra atende clientes de todos os tamanhos, sendo 94% da Fortune 100. Com um portfólio premiado de hardware, software e serviços que digitalizam e automatizam fluxos de trabalho. As cadeias de suprimentos são mais dinâmicas, clientes e pacientes são melhor atendidos e os trabalhadores ficam mais engajados quando usam as inovações da Zebra. Em 2021, a Zebra expandiu seu portfólio de automação industrial com a aquisição da Fetch Robotics e aumentou sua visão computacional e capacidades de software de inteligência com as aquisições da Adaptive Vision e da antuit.ai. A Zebra está em 25º lugar na lista da Newsweek dos Locais de Trabalho Mais Amados dos EUA e, pelo quinto ano consecutivo, foi incluída na lista da Forbes dos Melhores Empregadores dos Estados Unidos. Saiba mais em https://www.zebra.com ou inscreva-se para receber alertas de notícias. Siga o blog Your Edge da Zebra, LinkedIn, Twitter e Facebook e confira nosso hub de histórias: Zebra Perspectives.

Por Redacao

.

Congresso Conexões Humanas ABRH/MG 2022: interligando pessoas, empresas, ideias e experiências

Dia do Cinema Brasileiro: 14 livros nacionais que deveriam virar filmes