Projeto que homenageia Fernando Sabino doa cerca de 9,5 mil revistas para escolas mineiras

Foto: Divulgação

O projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino segue fomentando a cultura e a arte por meio das obras do escritor mineiro. Na primeira semana de fevereiro, o projeto passou por quatro cidades do Vale do Aço. Ao todo, foram doados para escolas públicas da região cerca de 9,5 mil revistas das séries “Ratinho Curioso” e “Homem Nu”, 432 DVDs com coleções de histórias e crônicas de Sabino e 60 exemplares de livros pedagógicos.



Em Ipaba, dez escolas públicas –sendo seis municipais e quatro estaduais–, que atendem 6.419 alunos, foram agraciadas com 2.300 revistas, 15 livros pedagógicos e 130 DVDs. Na cidade de Açucena, nove escolas municipais e cinco estaduais, que possuem ao todo 1.200 alunos, receberam 2 mil revistas, 15 livros pedagógicos e 182 DVDs.

anúncios

Nove escolas públicas de Periquito –oito municipais e uma estadual–, que somam 2.110 estudantes, receberam 2.300 revistas, 15 livros pedagógicos e 117 DVDs. Em Naque, duas escolas municipais e uma estadual, com 1.566 alunos, vão poder desfrutar de 1.600 revistas, 15 livros pedagógicos e três coleções de DVDs.

“Todos sabemos da importância da leitura e, nos tempos em que várias atividades simultâneas afastam o jovem desse hábito, é preciso ter habilidade e apresentar tarefas interessantes para que ele leia e descubra o grande prazer que é a leitura. Durante o projeto, aproximadamente 11 mil alunos terão acesso a livros, crônicas, contos, filmes de ficção, curtas, longas metragem e documentários dirigidos por Sabino, considerado um dos maiores escritores brasileiros”, destaca Bernardo Sabino, filho do escritor e coordenador do projeto. Desde o ano passado o projeto consegue que todo aluno da rede pública ganhe uma revista com histórias do autor.



A ação está sendo realizada em duas etapas nessas cidades. Na primeira fase, os pedagogos e agentes culturais participaram de um workshop para detalhamento das atividades. A partir daí, durante cinco meses, as escolas desenvolvem pesquisas e trabalhos artísticos coordenados por professores. Logo depois dessa etapa, a mostra sobre a vida e a obra de Fernando Sabino será montada para expor as atividades artísticas produzidas pelos alunos em sala de aula. Os trabalhos são inspirados e adaptados da obra de Fernando Sabino. Em 10 anos, o projeto já esteve presente em cerca de 80 municípios, envolvendo mais de 800 mil alunos.

+Clientes Cemig podem aderir à conta digital de energia

+Belo Horizonte recebe a Crazy+ Blow Up Race em maio

Sobre o projeto Encontro Marcado

O projeto foi criado em 2005 com o objetivo de desenvolver eventos culturais em torno da memória do autor. Como desenvolvimento natural, a área de atuação do projeto foi ampliada, incorporando uma agenda de atividades pedagógicas e projetos de sustentabilidade em escolas da rede pública em São Paulo, Rio de Janeiro e, principalmente, Minas Gerais. O projeto é patrocinado pela Cenibra e realizado por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Por Redacao

.

Pesquisa revela cenário e oportunidades na indústria da panificação

#CarnavalizaBelô – Shopping Estação BH oferece programação de carnaval