Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino leva cultura para estudantes por meio da literatura

Neste 23 de abril, o livro é o grande homenageado pelo Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino MG, que tem como foco recuperar o hábito da ler com o despertar literário dentro da sala de aula. A data foi escolhida por ser conhecida como o dia Mundial do Livro.
O projeto segue pelas cidades mineiras fomentando a cultura e a arte por meio das obras do escritor mineiro. Nesses 13 anos de Encontro Marcado, já foram doados para escolas públicas de Minas Gerais cerca de 400 mil revistas com coleções de histórias e crônicas de Sabino e mais 3000 exemplares de livros do autor.

“Todos sabemos da importância da leitura e, nos tempos em que várias atividades simultâneas afastam o jovem desse hábito, é preciso ter habilidade e apresentar tarefas interessantes para que ele leia e descubra o grande prazer que é a leitura”, pontua Bernardo Sabino, filho do escritor e presidente do Instituto Fernando Sabino, organizador do Encontro Marcado.

anúncios

Em seus 15 anos de trajetória, com mais de 90 edições realizadas, a iniciativa já envolveu mais de 900 mil alunos de escolas estaduais e municipais. Em cada edição, a literatura de Fernando Sabino permeia as oficinas artísticas coordenadas pelos professores. Logo após esta etapa é montada uma exposição sobre a vida e a obra de Fernando Sabino, que acontece simultaneamente com as atividades artísticas produzidas pelos alunos.

Apoiador da iniciativa, o vice-governador de Minas Gerais, Paulo Brant, defende que “a educação não pode ser só uma educação instrumental, mas que deve ir além da matemática, português, geografia, história e ciências”, pontua.
Brant ressalta que “só a leitura desenvolve a capacidade crítica e de abstração das pessoas. Todas as artes são importantes, mas acredito que a leitura é uma arte insubstituível.”

Na visão da diretora Kátia de Pinho Borges, da Escola Municipal Pingo de Gente – que está participando da edição de 2022, iniciada em fevereiro, do Projeto Encontro Marcado em Sabinópolis, é por meio da leitura que o aluno consegue se transportar para o desconhecido, explorá-lo, decifrar os sentimentos e emoções que o cercam e acrescentar a vida o sabor da existência. “A literatura em sala de aula possibilita ao aluno vivenciar experiências que solidifiquem os conhecimentos significativos do seu processo de aprendizagem”, afirma.

Na edição deste ano, o projeto doará 20 mil revistas e 100 livros do autor para as escolas estaduais e municipais participantes da iniciativa. O Projeto Encontro Marcado com Fernando Sabino MG está sendo realizado pelo Instituto Ondular e Instituto Fernando Sabino, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura da Secretaria Especial de Cultura, vinculada ao Ministério do Turismo, e tem o patrocínio das empresas Cenibra e Usiminas.

Por Redacao

.

UNA amplia qualificação dos estudantes por meio da parceria com o Minas Trend

ÚLTIMAS SEMANAS: A BELA E A FERA EXPERIENCE FICA ATÉ 24 DE ABRIL EM BH