“Profissional de hoje deve ter plano de A a Z”

No livro “Anticarreira”, o headhunter Joseph Teperman mostra que o futuro – e o presente – do trabalho é abandonar o sonho de uma carreira linear e se reinventar como o mercado sempre fez

Por que a maioria das pessoas pensa no trabalho ideal como um caminho estreito e previsível enquanto a vida se mostra tão orgânica e surpreendente? Afinal, as empresas nascem de uma necessidade da sociedade e, para se manterem relevantes, precisam gerar valor constantemente, o que implica em se adaptar, se reinventar, inovar a todo momento. O mesmo vale para a carreira. Ou deveria.

Em Anticarreira – o futuro do trabalho, o fim do emprego e do desemprego, livro finalista ao Jabuti 2020, Joseph Teperman compartilha sua experiência como headhunter focado nas principais cadeiras executivas do país para desmistificar o senso comum em torno do sonho de uma carreira linear. E começa com uma explicação que justifica a mentalidade de muitos: a origem da palavra carreira, do latim, que significa caminho estreito.

Sem respostas fáceis – que não existem -, o autor traz provocações e reflexões sobre a realidade do mercado e as oportunidades que estão diante de quem se abre para perceber, e explorar. Ele ensina o leitor a parar de se rotular, ou deixar que os outros coloquem rótulos, para que possa então desenvolver maneiras diferentes de atuar.

anúncios

O que faz a diferença é a capacidade de se adaptar às circunstâncias, de lidar com as dificuldades que surgem – e isso se adquire quando você está aberto a fazer mais do que está no seu quadrado, a viver mais experiências que podem complementar e fazer toda a diferença no seu desempenho. Quanto mais diferenciado você for, menos dispensável será. (P. 120, Anticarreira)

Joseph lembra que erros vão existir, mas, assim como fazem as startups, eles servem como aprendizados e devem ser corrigidos para que se consiga pivotar, ou seja, girar, mudar de direção. “Só quando encara os erros e se empenha para corrigi-los é que você se desenvolve. Portanto, não tenha medo de não ter todas as respostas. Preocupe-se em ter as melhores perguntas, pois são elas que vão trazer mais pistas de como você pode ser cada vez melhor”, indica.

Sócio-fundador da AMROP INNITI, consultoria de serviços de executive searchboard services e advisory de liderança, o headhunter entrevistou para o livro nomes que são exemplo de protagonismo profissional. Cris Arcangeli, Helio Rotenberg, Geraldo Rufino, Bartira Almeida, Daniela Folloni e o cantor Lobão estão entre as personalidades ouvidas pelo autor e que comprovam a necessidade de ter não apenas um plano B, mas de ir até o Z se preciso for.

 

FICHA TÉCNICA:
Título: 
Anticarreira – O futuro do trabalho, o fim do emprego e do desemprego
Autora: Joseph Teperman
ISBN: 978-6580617012
Páginas: 216 páginas
Formato: 21 x 14 cm
Preço: R$ 75,00
Links de venda: https://amzn.to/2Ip4G2H

Sinopse: Como não ser substituído por robôs, sempre ter trabalho, gerar valor e viver com significado? O livro Anticarreira propõe um novo caminho de construção da trajetória profissional: romper com a ideia limitadora da carreira, palavra com origem no Latim e que significa caminho estreito. Heandhunter de algumas das principais cadeiras executivas do país, Joseph Teperman percebeu que o foco em uma atividade única e a falta de atualização é o que deixa as pessoas sem saída em um mundo de mudanças constantes.

Sobre o autor: Joseph Teperman é CEO, Board Member, Lifelong Learner e Anticarreirista. Sócio-fundador da AMROP INNITI, consultoria que oferece serviços de executive search, board services e advisory de liderança. Conselheiro da Faculdade de Administração da FAAP e da WNutritional. Integrante da Comissão do Congresso do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa. Presidiu o conselho do IFL (Instituto de Formação de Líderes) São Paulo e fundou o IFL Florianópolis.

Por Redacao

.

Clube de Turismo Bancorbrás consolida novas parcerias com a Rede IBIS de Hotéis

‘Era da disseminação de conteúdo desafia empresas de ensino no Brasil’, diz Luiz Marcatti