Procuradora agride repórter em Uberlândia

O motivo? Questionamento do aumento do salários dos vereadores 

Isso não aconteceu em Belo Horizonte, mas não deixa de ser um absurdo.  Um repórter da rede bandeirantes de Televisão entrevistava uma procuradora da cidade de Uberlândia quando foi quase que agredido pela mesma.

anúncios

A reação da procuradora jurídica da Câmara Municipal de Uberlândia, Alice Ribeiro de Souza, começou após o questionamento do repórter sobre o reajuste salarial de quase 20% dos vereadores. E o mais impressionante: Concedido por eles mesmos a eles próprios no último dia 14. Tudo foi feito por aprovação de um projeto de lei aprovado em plenário.

O salário dos parlamentares passou de R$15.031,62 para R$ 18.007,88. Um aumento “singelo” de 19,8%. Porém, o juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Uberlândia, João Ercy, acabou suspendendo liminarmente os valores.

Um absurdo!!

Veja o vídeo completo!

 

 

Por Redacao

.

A Anitta é de fato um fenômeno de comunicação contemporânea

4 comerciais antigos que marcaram época em Belo Horizonte