Presos em caverna na Tailândia são resgatados – “Não temos certeza se isso é um milagre, uma ciência ou o que é”

Foto? Reuters

Na manhã desta terça-feira (10) o mundo respirou mais aliviado. Era forte a tensão em torno da operação de resgate dos 12 meninos e o treinador em uma caverna na Tailândia. Os estudantes, com idades entre 11 e 16 anos e o treinador, de 26, entraram na caverna após um treino de futebol, para um passeio. Entretanto, as chuvas fortes inundaram a entrada e bloqueou a saída do grupo.


O grupo estava preso na caverna desde o dia 23 de junho e forma achados no dia 02 de julho, desde então as equipes de resgate vem trabalhando em uma operação complexa. Infelizmente, durante a operação, um mergulhador da marinha tailandesa veio a falecer pela falta de oxigenação no caminho de volta da caverna.

+Cervejaria Ambev busca novos fornecedores parceiros em Minas Gerais

anúncios

+Termina hoje prazo de inscrição do Encceja

“Não temos certeza se isso é um milagre, uma ciência ou o que é. Todos os 13 Javalis agora estão fora da caverna”, postou a marinha no Facebook.

O último resgatado foi o treinador, Ekapol Chantawong, às 8h46 no horário de Brasília. Os regatados devem permanecer por pelo menos uma semana no hospital, onde passarão por uma complexa revisão médica.

Além dos estudantes e do treinador, um contingente médico e membros da marinha, também deixaram o inicio da cavidade, após permanecerem em tarefas de assistência médica e psicológica para o grupo.

Veja o vídeo do momento em que acontece o último resgate

 

Por Redacao

.

Cervejaria Ambev busca novos fornecedores parceiros em Minas Gerais

Tim recruta profissionais com deficiência para vagas em Belo Horizonte