Pandemia revela nova realidade para o mercado imobiliário

Em contramão à crise, setor se expandiu enquanto hábitos e prioridades dos consumidores mudou significamente

Assim como em outros setores, a pandemia foi responsável por diversas mudanças dentro do segmento imobiliário. Hoje em dia, mais do que nunca, adquirir um imóvel se tornou ainda mais essencial para famílias que querem um futuro estável e com menores chances de imprevistos. 

Enquanto isso, uma surpresa dentro do setor com alto crescimento no número de vendas, mesmo em meio a uma crise financeira crescente, fez com que aumentasse a concorrência e as formas das imobiliárias lidarem com o público. E acompanhar esse ritmo de mudanças é fundamental para a sobrevivência das empresas do setor.

Arlene Gomes, consultora e mentora de líderes de imobiliárias, explica que o setor da construção civil e imobiliário foram enquadrados como sendo sub essenciais e, por isso, não tiveram suas atividades paradas. “Além disso aconteceu uma mudança de comportamento da população que começou a refletir a respeito do novo espaço de morar como sendo uma extensão de trabalho. Desta forma, iniciou-se um movimento por uma necessidade de mudar para um espaço maior ou diferente do que se tem. Aliado a isso, houve muitos incentivos para que o consumidor pudesse mudar de imóvel ou adquirir um novo”, diz.

Entre esses incentivos, a especialista destaca o incentivo do governo, que permitiu menores taxas de financiamento, e a possibilidade de novos investidores; já que os meios de investimento oscilaram muito e o imóvel se mostrou ser algo mais seguro, a Taxa Selic que, em 2020, se tornou a mais baixa de todos os tempos, além de bancos com linhas de crédito nunca vista no mercado e a criação do Programa Casa Verde e Amarela – que substitui o antigo Minha Casa Minha Vida – pelo governo que aumentou as faixas de rendas para  aquisição do imóvel e as taxas de juros ficaram menores.

anúncios

Imobiliárias precisaram se adaptar rapidamente

Segundo Arlene, um dos principais desafios ocorreu porque as imobiliárias não estavam preparadas para o novo momento vivido pela sociedade. “De início, assim como em outros setores, ocorreu muita insegurança. Para quem trabalha com aluguel, o cenário foi de pânico, pois todos os dias muitas negociações e imóveis comerciais se tornaram inativos”.

Porém, a medida em que os hábitos foram se estabelecendo, com mais pessoas percebendo os benefícios do home office e da necessidade de ter um local estável para morar, os números começaram a ir na contramão e crescer. “Assim, as imobiliárias começaram também a perceber outra realidade desafiadora: o aumento da concorrência”, acrescenta.

Problemas evidenciados

E na correria para se destacar nesse meio, Arlene destaca alguns desafios do meio imobiliário que ganharam ainda mais atenção. “Problemas como a falta de visão de crescimento, em que os gestores não têm tempo para pensar na estratégia. Gestão da jornada de atendimento, ou seja, muitos clientes para atender, o que acarretou também perda no atendimento; clientes sem o atendimento adequado e gestão do pós-venda, além da jornada de transformação digital”, cita.

A consultora comenta algumas dicas para driblar esses erros. Confira:

1 – Prática de home office: os colaboradores podem se adequar e trabalhar a distância e serem produtivos. 

2 – Negócios feitos utilizando mais tecnologia disponíveis no mercado, como a assinatura digital. Uma nova forma de entender o comprador, o vendedor, o proprietário e o inquilino. 

anúncios

3 – Exercer uma comunicação não violenta, aquela em que eu se coloca no lugar do outro, gera empatia, cria uma relação e sincronicidade.

4 – Escutar de verdade o cliente. Entender que o momento é difícil e ter o olhar para auxiliar, ser consultor do consumidor. A pandemia ampliou tal olhar.

5 – Anúncios com vídeos são um diferencial para as imobiliárias que entenderam este novo momento.

6 – Aproveitar para se organizar, capacitar e aprimorar os conhecimentos.

anúncios

7 – Adesão do OKR:  O OKR possibilita que o gestor de imobiliária organize e comunique de forma simples e eficiente para os colaboradores o que será alcançado em um curto período de tempo. É um método de gestão ágil, é o GPS de direcionamento para que não saia dos trilhos.

Fonte: Arlene Gomes, consultora e mentora de líderes de imobiliárias. Ajuda na gestão e produtividade.

Written by Arlene Gomes

Natal no Shopping Minascasa tem exposições de presépio, arte sacra e mandalas

Verdemar inaugura Casa de Chás em parceria com a francesa Christine Dattner