Padarias se preparam para o carnaval de Belo Horizonte

Foto: Divulgação

De uns anos para cá, Belo Horizonte viu o ressurgimento do carnaval de rua. Há menos de uma década, a capital mineira se transformava em uma cidade fantasma durante os cinco dias de festa, mas a programação dos blocos de BH hoje atrai turistas de vários lugares do Brasil.

Segundo a Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte (Belotur), a previsão é de que mais de 4,6 milhões de foliões estejam nas ruas para curtir a folia que, neste ano, começou em de fevereiro com os ensaios de muitos dos 515 blocos cadastrados na prefeitura.

Toda essa movimentação chamou a atenção do setor de panificação, que vê a data como uma oportunidade de faturar mais. “Muitos panificadores relataram que o último carnaval em Belo Horizonte foi como um dezembro em vendas e movimentação de clientes. São foliões que não param para almoçar, mas estão sempre em busca de um lanche rápido e de bebidas. Portanto, é uma grande oportunidade para as padarias”, afirma o presidente do Sindicato da Indústria da Panificação (SIP), entidade que compõe a Amipão, e presidente da Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (Abip), José Batista de Oliveira.



Sempre atenta ao tradicional, mas também buscando trazer inovações, a Ping Pão também aposta nas bebidas e lança sua própria marca de cerveja artesanal. Uma das lojas da rede de padarias fica no trajeto de blocos de sucesso como Tchanzinho Zona Norte. “Com toda essa movimentação que tomou conta de BH, quem não busca se destacar acaba perdendo espaço. Uma cerveja própria atende tanto quem vai para a rua quanto quem prefere curtir em casa. Além disso, temos petiscos que caem bem com a bebida, possibilitando uma harmonização”, diz Vinícius Dantas, proprietário da Ping Pão.

+#CarnavalizaBelô – Confira a agenda de blocos neste final de semana em BH

Além disso, Vinícius adianta o lançamento de um copo especial e retornável para acompanhar a cerveja. Para que ele fique sempre cheio, a padaria venderá fichas para o folião fazer o refil. “Comprando o copo, é possível comprar créditos para recarregá-lo. É algo prático e sustentável para aproveitar ao máximo o período e evitar a grande quantidade de latas e garrafas nas ruas após a folia”, explica.

anúncios

Para não cair no erro de beber com o estômago vazio, a Vianney terá ambientação toda especial para o carnaval. Na hora de fazer a pausa para comer, a padaria oferecerá lanches, sushi e refeições. Lucilaine Silva, analista de marketing da Vianney, revela também os preparatórios para o pré-carnaval da padaria, entrando no clima ainda em fevereiro. “Nos dias 26 e 27 teremos música ao vivo a partir das 18h, apresentando marchinhas. A loja ficará toda decorada e, durante os outros horários, o som ambiente terá músicas carnavalescas também”, conta.



Capacitação para a folia

Para preparar o setor para esse mercado, a Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (Abip), em parceria com a Amipão, vai realizar, no dia 21 de fevereiro, o seminário “Como faturar mais no Carnaval”. Em duas turmas, uma a partir das 9h até 12h30, e outra das 15h até 18h30, na sede da Prática (Av. Cônsul Antônio Cadar, 69, São Bento), o seminário será composto de palestras, aulas-show e network com ideias de aplicação imediata e muita informação.

O seminário terá as palestras “Como potencializar suas vendas de maneira rápida com lucratividade e padronização”, “Tendências de saudabilidade na panificação”, “Estratégias para vender mais no carnaval”, e a aula-show “Como personalizar sanduíches criativos e finalizar na frente do cliente”.

Outras informações e inscrições pelo telefone (31) 3274-6376.

Written by Iolanda Pedrosa

.

Abertas as inscrições para cursos de tecnologia e inovação para crianças e adolescentes em BH

Circuito Mineiro de Trekking de Regularidade 2019 acontece em Sete Lagoas