Padarias buscam alternativas para recuperar as vendas no Dia das Mães

Com o fechamento de todo comércio considerado não essencial durante a pandemia do novo coronavírus, as padarias em Belo Horizonte, que permanecem abertas, preparam diversas sugestões de presentes para o Dia das Mães não passar em branco. As opções variam desde lembrancinhas até os mais variados cardápios de café da manhã, almoço e jantar.

O presidente do Sindicato e Associação Mineira da Indústria de Panificação (Amipão), Vinicius Dantas, orienta os empresários do segmento a repaginarem os produtos, reforçando o espírito de proximidade afetiva que marca a comemoração. “É uma oportunidade ampliar os ganhos em meio à crise do coronavírus. Muitos filhos estão distantes das mães, por causa do isolamento social. Enviar um presente saboroso pode despertar o sentimento de união e esperança”, explica.

Foi com esse espírito que a proprietária da padaria Villa Lourdes, Juliana Braga, apostou na criatividade para deixar os produtos da empresa com a cara do Dia das Mães. “Dei uma roupagem diferente aos itens que já existiam no mix. Criei embalagens diferenciadas, de coração, entre outras. Fizemos empreendedorismo em forma de afeto. Tudo simples, porém, com a preocupação de demonstrar ao cliente todo o cuidado envolvido na produção e acabamento de cada item”, conta.

Reconhecida pela panificação artesanal, a padaria Villa Lourdes oferece um menu com opções para todos os gostos e bolsos. Entre os destaques estão pequenas latas nos sabores de cocada assada e palha italiana, comercializadas por R$17,90 e R$19,90, respectivamente. “Além disso, temos opções para almoço, tábuas de frios, chocolates e cestas de café da manhã, com valores entre R$99,90 até R$390,00”, explica.  A relação completa dos itens ofertados encontra-se disponível no site padariavillalourdes.com.br.

Mesmo com produtos tradicionais, a padaria não perdeu de vista o aspecto da inovação e investiu em técnicas de marketing digital para impulsionar as vendas. “As redes sociais são alternativas para os empreendedores tornarem suas marcas reconhecidas no mercado. Quem não investe em marketing, acaba desaparecendo”, acredita. “Humanizamos a marca ao colocar em destaque alguns depoimentos de mães que estão vivenciando a quarentena, reforçando o aspecto da vida real nas redes sociais. Por lá, realizamos a campanha “Super mães”, na qual escolhemos 10 mulheres que foram marcadas nos comentários. Após o sucesso da ação, resolvemos premiar duas mães com um voucher de R$500,00 em compras”, completa.

Juliana enumera o fortalecimento do e-commerce da padaria e a otimização do sistema de delivery como os pontos fortes do negócio, que registrou cerca de 140 pedidos de entrega para o Dia das Mães. “Adaptamos um espaço na loja para agilizar o fluxo de entrega de produtos aos motoboys e agimos na contramão da crise ao investir em canais virtuais de atendimento ao público”, finaliza.

Incentivo

Para fomentar as vendas e incentivar as compras em padarias de bairro, a Amipão lançou vai sortear um voucher de compras no valor de R$ 200,00 para consumo em uma padaria sinalizada pelo ganhador. A promoção, vigente em Minas Gerais, está sendo realizada pelo Instagram da entidade e é válida até o dia 11/05, às 15h, quando será realizado o sorteio. O voucher deverá ser consumido na padaria mencionada pelo ganhador até o dia 30/05. A padaria escolhida ganhará uma inscrição gratuita para um dos cursos da Amipão. Mais informações sobre o sorteio no Instagram @amipao.mg.

Written by Helio Paulo

Clínica Origen participa de webinar com o médico mais importante do mundo em reprodução assistida, nesta sexta-feira

Setores da panificação e do vestuário em Minas Gerais reivindicam apoio para superar crise