O cartunista Nani, de 70 anos, morreu de Covid-19 em Belo Horizonte

Mineiro de Esmeraldas, em Belo Horizonte, está internado há uma semana

 

O cartunista, roteirista e roteirista Ernani Diniz Lucas morreu nesta sexta-feira (8) aos 70 anos, vítima do Covid-19. Como todos sabemos, Nani nasceu em Esmeralda, Minas Gerais, e ficou internada em Belo Horizonte por uma semana. Deixou dois filhos, Juliano e Danilo, a neta Manuela e sua esposa Inez. Não há informações sobre o funeral e o despertar.

Como um dos maiores personagens cômicos do Brasil, Nani colaborou com a versão brasileira da revista Mad e trabalhou como redatora do programa de Chico Anysio. Também escreveu textos para os espetáculos Casseta & Planeta, Sai de Baixo e no Zorra, e criou a série de quadrinhos Vereda Tropical, que teve veiculação em diversos jornais do país.

anúncios

Nani iniciou sua carreira em 1971, publicando histórias em quadrinhos no ODiário de Minas Gerais. Dois anos depois, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde trabalhou com O Pasquim e trabalhou como cartunista no Jornal O Globo. Ganhou prêmios em salões de humor de Montreal, Niterói e Piracicaba.

Por Redacao

.

Gian & Giovani confirmam show em Contagem

Pacote de Viagem Índia (Nova Deli + Agra + Taj Mahal) – 2023 a partir de 2899 reais com Aéreo + Hospedagem + Passeio