“O Bartender Brasileiro, uma visão Criativa”

Um estudo comparativo entre coquetéis clássicos e autorais valorizando o bartender brasileiro.

Hoje, eu @leogomesbartender  Estudante de Gastronomia e Bartender em Belo Horizonte inicio o projeto “O Bartender Brasileiro, uma visão Criativa”. O objetivo deste projeto é estudar o processo criativo do Bartender brasileiro, fazer um comparativo entre Coquetéis clássicos e autorais. Criando um material de estudo para Bartenders e divulgando a coquetelaria brasileira.

E para iniciar o projeto eu escolhi o Thiago Ceccotti @bartendingnotes pelo grande conhecimento do mesmo por clássicos. Seu blog é uma bíblia de informações para quem quer conhecer mais.

https://bartendingnotes.wordpress.com/

anúncios

O Clássico

Mai Tai

A história:

Inventado em 1944 por Trader Vic (Victor Bergeron), este coquetel é um grande clássico que mostra muito bem como aproveitar ao máximo os conhecimentos mixológicos sobre bebidas e manter uma receita simples e interessante.

A receita:

60 ml de rum envelhecido
30 ml de suco de limão tahiti fresco
15 ml de licor de laranja (Curaçao)
15 ml de xarope de amendôas (Orgeat)

Bater com gelo e servir em copo baixo com gelo novo.
Decorar com ramo de hortelã e fatia de abacaxi.
Opcional, float, que é um pouco de rum envelhecido por cima do drinque.

anúncios

Fontes: http://mixologynews.com.br/receitas/mai-tai/
https://bartendingnotes.wordpress.com/

O Bartender:

@bartendingnotes

anúncios

A Criação:

MAVERICK

Processo Criativo:

Este coquetel foi criado para a etapa mineira do concurso Grey Goose Vive La Revolucio de 2014.

A motivação veio da própria Grey Goose L’Orange que tem um forta sabor de laranjas, lembrando um bom triple sec, com um fundo amendoado que de certa forma lembra um Rum branco. Essa vodka pede por uma combinação cítrica ao estilo Daiquiri.

Uma linda releitura do Daiquiri é o Mai Tai que leva Rum Envelhecido, licor de laranja, xarope de amêndoas e limão.

Um dos desafios do concurso era utilizar um insumo artesanal que utilizasse de produtos regionais de qualidade, assim como Grey Goose utiliza-se do trigo de inverno francês em sua produção.

Nesse sentido substituiu-se o Orgeat (típico xarope europeu de amendoas) por um xarope de amendoim. Grey Goose foi a primeira vodka super premium, criada em 1997.

Uma vodka feita com foco em sabor e não em neutralidade. A coquetelaria Tiki Americana foi criada por Don Beachcomber que trouxe de volta os sucos frescos, bons destilados e a diversão à coquetelaria que servia em seus refinados restaurantes de Hollywood.

O coquetel chama-se Maverick como homenagem aos ousados e desbravadores.

* Para o Amendoim Orgeat, misturar 1 copo(250ml) de leite de amendoim com 1 copo de açúcar demerara e 1 colher de chá de água de flor de laranjeira

 

A Receita:

60ml Grey Goose L’Orange

20ml Amendoim Orgeat

20ml suco de limao tahiti.

Bater e coar para copo longo com gelo moído

Decorar com ramo de hortelã e float de Grey Goose La Poire.

Ação do Mercantil do Brasil combina seguro residencial com sorteio de até R$ 30 mil reais por mês

Pacote Porto Seguro com Comida e Bebida Liberada All Inclusive = R$ 799,00 para Viajar 2022 e 2023 (Aéreo + Hospedagem + Café da Manhã + Bebidas + Comidas)