Nova lei retira obrigatoriedade de avaliações em academias de BH

Foto: Divulgação Internet

Uma novidade assustou os profissionais das academias de Belo Horizonte. A partir desta quarta (21) os frequentadores de academias não serão mais obrigados a fazer avaliação física para a prática de exercícios físicos.

Com a modificação o cliente é quem “decide” de está apto a se exercitar. O novo texto ainda inclui um questionamento com perguntas a serem realizadas para o cliente, do tipo “Algum médico já disse que você tem problemas cardíacos?”, ou, “há alguma razão para você não se exercitar?”.



anúncios


A lei surgiu a partir de um projeto apresentado pelos vereadores Bim da Ambulância (PSDB), Jorge Santos (PRB), Léo Burguês (PSL) e Preto (DEM). Na ocasião, os parlamentares afirmam que o objetivo é desburocratizar e aumentar a prática de exercícios na cidade.

A nova Lei ainda prevê que as academias “somente poderão funcionar sob a responsabilidade técnica de um profissional com graduação superior em Educação Física, devidamente habilitado”.

Vale lembrar que é sempre importante a busca de um profissional adequado antes da prática de qualquer exercício físico. Consultas médicas e exames também devem está regulares para evitar qualquer dor de cabeça ao praticante.

 

Por Redacao

.

Exposição Minerais do Brasil chega à BH

Profissionais da Educação realizam protestos em BH