Museu de Artes da Pampulha prepara visitas mediadas nos jardins

Atividades gratuitas integram a programação de maio e junho na unidade museal

O Museu da Arte da Pampulha (MAP) realiza, até 18 de junho, uma nova programação educativa, a ação “MAP.Atividades nos jardins”. O programa de visitas mediadas utiliza os jardins do museu, suas obras e a relação com a paisagem da Pampulha e seu Conjunto Arquitetônico como elementos estruturantes de diálogos. A proposta é que o público se relacione com o espaço dos jardins frontais da unidade museal enquanto o edifício-sede passa por um processo de restauro. A ação é gratuita, presencial e integra a programação do projeto Pampulha Território Museus.

 

anúncios

As visitas serão realizadas considerando três eixos temáticos. O primeiro deles ressalta as obras presentes nos jardins do MAP, em especial a exposição de esculturas que pertencem ao acervo do equipamento museal e que estão expostas, em caráter permanente, em seu jardim. O segundo eixo valoriza os jardins projetados por Burle Marx e as possibilidades de construção de conhecimento a partir da diversidade presente na natureza. Já o terceiro eixo temático foca na paisagem e na arquitetura, trabalhando conceitos como paisagem cultural e composição temporal de uma paisagem.

 

O programa de visitas será mediado pelos educadores do museu e contará, também, com a presença de convidados especialistas em diferentes campos. Em 28 de maio, a artista visual Flávia Neves receberá os visitantes nos jardins, enquanto em 18 de junho a visita contará com o fotógrafo e artista William Gomes. As visitas mediadas, realizadas aos sábados das 9h às 10h30, têm início pela obra “A Porta”, de Amilcar de Castro, e devem ser agendadas pelo e-mail [email protected] Mais informações podem ser obtidas pelo site pampulhaterritoriomuseus.com.br.

 

SOBRE O PAMPULHA TERRITÓRIO MUSEUS

O projeto “Pampulha Território Museus” é uma realização da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, e do Instituto Periférico. Desenvolve, desde dezembro de 2020, diversas ações visando à promoção e à ampliação das políticas de patrimônio e memória e o fortalecimento da cultura e do turismo na Pampulha. O projeto executa ações e projetos com as unidades museais presentes na paisagem cultural do Conjunto Moderno da Pampulha – o Museu de Arte da Pampulha e a Casa do Baile – Centro de Referência de Arquitetura, Urbanismo e Design, reconhecidos pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade, e o Museu Casa Kubitschek, importante ícone da arquitetura residencial modernista. A parceria entre o Instituto Periférico, OSC selecionada por meio de edital, e a Fundação Municipal de Cultura, prevê, até junho de 2022, uma programação cultural inovadora. São três exposições, 25 atividades culturais, 56 atividades educativas, três publicações e muitas outras ações.

 

SERVIÇOS

anúncios

“MAP.Atividades nos jardins”

Datas:

28/5: A visita contará com a presença da artista visual Flávia Neves

18/6: A visita contará com a presença do artista e fotógrafo William Gomes

anúncios

4/6: Visita mediada pelo educativo do MAP

Agendamento das visitas: [email protected]

Local: Museu de Arte da Pampulha. Ponto de encontro: obra “A Porta”, Amilcar de Castro.

Informações: pampulhaterritoriomuseus.com.br

Por Redacao

.

Fernanda Takai, Dudu do Cavaco, coral, banda e orquestra de câmara fazem show beneficente

Mudança de tempo favorece o aparecimento de infecções virais, como a conjuntivite