Mães de anjos azuis encontram ambiente de apoio online

Foto: Divulgação

O mês de abril ganhou, como símbolo, a cor azul que representa a conscientização do autismo, já que no dia 2 comemora-se o Dia Mundial da Conscientização do Autismo. O transtorno, que afeta 1% da população mundial, está ganhando cada vez mais atenção, no entanto, ainda é um longo caminho para percorrer. O grupo Mommys, criado pela Community Builder Mariana Bicalho, se mostrou um local de acolhimento para as mães discutirem, conscientizarem e compartilharem informações sobre como é viver com um anjo azul. Além disso, é um espaço onde as mães podem, sem culpa e julgamento – tão comum da nossa sociedade –, desabafarem sobre as dificuldades encontradas no dia a dia e encontrarem acolhimento.

+Vingadores: Ultimato – Venda de ingressos para o longa já está disponível

A data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2007 e representa um importante marco para aqueles que convivem diariamente com o transtorno. A cor do mês, abril azul, foi escolhida porque o transtorno aparece majoritariamente em meninos, e a data busca impulsionar o compromisso político e a cooperação a favor de investimentos maiores nas áreas relacionadas ao autismo. Conforme a conscientização sobre o transtorno vai ganhando espaço, torna-se mais fácil falar sobre e encontrar apoio, principalmente para as mães que apelidaram carinhosamente seus filhos autistas como anjos azuis.

No grupo Mommys, algumas mães encontraram o apoio que precisavam após o diagnóstico de um filho autista. Com mais de 6 mil participantes, o grupo reúne uma comunidade diversificada que vai desde mães que também possuem filhos que não são neurotípicos, até profissionais que estão dispostas a aconselhar à distância. “Nós formamos uma estrutura de apoio aqui para todos os desafios que as mães possam enfrentar na maternidade e, com isso, todas se sentem confortáveis em compartilhar suas experiências e questionamentos” explica Mariana Bicalho.



anúncios

 

O autismo, no grupo Mommys

Tantas são as dúvidas e as incertezas após um diagnóstico como esse que Mariana Bicalho convidou uma das mommys de anjo azul para ter uma coluna mensal no Portal Mommys. Assim, periodicamente, essa mommy (Evelise Rosa) apresenta o universo do autismo e a rotina das famílias que possuem membros autistas. 

As mães de anjos azuis acharam, no grupo, a possibilidade de encontrar outras mães que viviam os mesmos desafios, que poderiam indicar profissionais adequados e sanar dúvidas num ambiente seguro e sem julgamentos. 

O Mommys

Criado pela empreendedora Mariana Bicalho, o grupo Mommys começou como uma despretensiosa troca de e-mails com amigas para falar sobre maternidade, até crescer exponencialmente e migrar para um grupo secreto da rede social Facebook que hoje conta com mais de 6200 mommys(como carinhosamente as mães são chamadas). O grupo se tornou uma fonte confiável de apoio para as mães em todas as áreas da vida, já que, uma vez mães, elas também continuam a ser mulheres, profissionais e tantos outros papeis acumulados.

Atualmente, o grupo conta com o Portal Mommys – um portal que pretende oferecer um conteúdo de qualidade para as mommys enfrentarem a maternidade de uma forma mais leve – e um projeto offline que promoverá palestras e eventos periódicos para fortalecer as relações entre as mommys e promover momentos de lazer, que podem, muitas vezes, ser limitados nos primeiros anos da maternidade.

Informações:

anúncios

Mommys

Instagram: @portalmommys

Facebook: @portalmommys

Site: http://portalmommys.com.br/

anúncios



Written by Redacao

.

Orquestra Ouro Preto apresenta O Pequeno Príncipe no Sesc Palladium

Coca-Cola lança edição limitada com “Vingadores: Ultimato”