Exposição Coleção Jorge Santos permanece até setembro na Capital

Foto: Divulgação

A exposição Coleção Jorge Santos está em cartaz na Galeria de Arte da Fundação FCPEMG, rua da Bahia, 1032, 9º andar – Centro até 14/set/2018. O horário de visitação é de 14h às 18h, de segunda a sexta.  Propõe uma reflexão afetiva baseada nas pinturas presentes no acervo do Instituto de Arte, Educação e Cultura Professor Jorge de Oliveira Santos, com foco nas evidências e nas memórias que elas evocam.

+Exposição “Museu do Futebol na Área” permanece até outubro na Capital

+Festival de Cultura e Gastronomia de tiradentes começa na próxima sexta

A partir da linguagem visual da mostra, que se amolda à vida e obra do colecionador, professor e artista plástico Jorge Santos, podem-se acessar os meios necessários para a sua formação e implementação ao longo de sua trajetória, iniciada nos anos 1960. A mostra tem a curadoria de Cristina Fonseca.



O extenso percurso colecionista teve sua origem através do envolvimento de Jorge Santos com o universo das Artes Plásticas, quando estudou na Escola de Belas Artes de Belo Horizonte, ESAP/FUMA (atual Universidade Estadual de Minas Gerais, UEMG), onde obteve licenciatura plena em Desenho e Plástica.

Inicialmente, a escola era localizada no Parque Municipal da cidade, onde teve a oportunidade de frequentar as aulas ministradas pelo mestre Alberto da Veiga Guignard. Também chamada Escola de Guignard pelo historiador da arte Pierre Santos,  configurava-se como espaço de aprendizado, no qual jovens artistas como Yara Tupynambá, Inimá de Paula, Wilde Lacerda, entre outros,   despontavam em carreiras promissoras.

Foi neste período que o colega e amigo Wilde Lacerda executou o retrato de Jorge Santos, em estilo moderno, cujo cenário era a cidade de Congonhas do Campo. Essa pintura tornou-se, então, a gênese de toda a coleção.

Informações

Exposição Coleção Jorge Santos

Galeria de Arte da Fundação FCPEMG – Rua da Bahia, 1.032, 9º andar – Centro. Belo Horizonte/MG

Período:12/07 a 14/09/2018, de segunda a sexta, de 14h às 18h       

Curadoria: Cristina Fonseca

Projeto de contação de histórias “Era Uma Vez” recebe Daniela Oliveira, no próximo domingo

Exposição com Grafites permanece até outubro na capital