Estudantes de obra social no Barreiro conquistam vagas em universidades públicas

Aluno da Escola Profissionalizante Santo Agostinho conquistou o segundo lugar em Engenharia de Sistemas da UFMG

Emanuel Joshua, Crédito: EPSA/SIC.

Mais uma vez, alunos da Escola Profissionalizante Santo Agostinho (EPSA) tiveram bom desempenho no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). De acordo com um levantamento recente feito pela obra social, mantida pela Sociedade Inteligência e Coração (SIC), já são 12 aprovações em universidades públicas, nos cursos de Engenharia de Minas, Engenharia de Sistemas, Gestão de Serviço de Saúde, Radiologia, Geologia, Pedagogia, Sistemas de Informação, Jornalismo e Química Tecnológica. Além disso, 26 estudantes tiveram nota entre 800 e 960 na redação do Enem.

Emanuel Joshua Ribeiro de Lima, ex-aluno do Ensino Médio regular da EPSA, conquistou o 2º lugar em Engenharia de Sistemas da UFMG. “Para mim a experiência com o Enem não deve ter sido muito diferente do que foi para a grande maioria: muito estressante. São muitas matérias em muito pouco tempo, porém a EPSA foi fundamental para que eu pudesse me organizar, já que sempre nos orientaram e revisaram o máximo de conteúdo possível. A disciplina para o estudo também foi fundamental nesse processo e, com certeza, valeu muito a pena. Só tenho a agradecer a todos os professores, à supervisora Deuza e à minha família, pois foram o suporte de que eu precisava”, comemora o estudante.

A escola também foi destaque no Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG). O ex-aluno do Ensino Médio regular da EPSA, Lucas Nunes Assumpção, conquistou o terceiro lugar no curso de Engenharia de Controle e Automação    da instituição. Segundo o diretor da EPSA, Marco Henrique Silva, os resultados são frutos do trabalho intenso de toda a equipe pedagógica e o comprometimento dos estudantes. “O sucesso de nossos alunos é resultado da preparação feita com extremo cuidado e dedicação, principalmente nesse último ano atípico, no qual todos fomos tão afetados pela pandemia de Covid-19. Mais do que um resultado acadêmico, a EPSA reconhece o empenho de seus estudantes em seus objetivos pessoais e os parabeniza por mais essa conquista”, enfatiza Marco.

A instituição atua com protagonismo na inclusão social de jovens e adultos, por meio de cursos de Qualificação Profissional, Técnicos e Ensino Médio que visam o aumento da escolaridade e a capacitação para o mundo do trabalho. Todos os cursos ofertados são gratuitos, incluindo material didático, uniforme, lanche e equipamentos de proteção individual (EPIs) para frequentar os laboratórios.

anúncios

A escola tem uma infraestrutura de 3.460 m² em um prédio de quatro andares situado no bairro Brasil Industrial na região do Barreiro, em Belo Horizonte. “Contamos com corpo docente altamente qualificado e metodologia de ensino dinâmica e interativa para proporcionar aos alunos um ensino que vai além das salas de aulas. Nossos estudantes têm acesso a laboratórios de usinagem mecânica, manutenção automotiva, robótica, eletricidade, hidráulica, pneumática e informática, além de biblioteca informatizada, quadra esportiva e espaços de convivência”, explica o diretor da EPSA.

Ensino Médio regular

O Ensino Médio regular na EPSA é destinado a adolescentes e jovens de baixa renda que querem se preparar para o Ensino Superior e desejam obter um diferencial competitivo ao disputarem vagas nas melhores universidades públicas do país. Os candidatos à bolsa precisam ter completado o 9° ano do Ensino Fundamental e a renda familiar per capita bruta deve ser de até um salário mínimo e meio. O processo seletivo é aberto sempre no mês de outubro.

Formação profissional

Um dos objetivos da EPSA é a preparação e inserção dos alunos no mercado de trabalho. Nesse sentido, a escola oferece tanto cursos técnicos, quanto profissionalizantes.  “Nossos cursos além de oferecer inúmeras oportunidades, ajudam os alunos a conhecerem melhor a área de atuação, antes de partir para uma graduação”, conta Marco Henrique Silva. A escola também possui o Carreiras, um programa interno dedicado à formação profissional dos nossos alunos.

O Carreiras atua também no contato permanente com empresas e agentes de integração, no intuito de estabelecer parcerias e captar vagas de empregos e estágios aos alunos da EPSA. São mais de 150 empresas parceiras do programa e mais 200 vagas de emprego e estágio divulgadas por ano.

A partir de maio, a EPSA estará com processo seletivo aberto para um novo curso:  Técnico em Administração. Com uma proposta formativa alinhada às demandas de mercado, o curso possibilitará o estudante a planejar, organizar e dirigir com excelência diversas atividades administrativas de uma empresa ou no próprio negócio. As aulas terão início no segundo semestre de 2021. O edital será lançado em breve nas redes sociais (@sicepsa) e no site da EPSA (https://epsa.com.br/). Haverá também em maio, vagas para o já conhecido curso da Escola: o Técnico em Informática.

Sobre a Escola Profissionalizante Santo Agostinho 

anúncios

Criada no ano 2000 pelos Freis Agostinianos, a Escola Profissionalizante Santo Agostinho (EPSA) é uma instituição mantida pela Sociedade Inteligência e Coração (SIC), entidade civil de educação e assistência social, sem fins lucrativos, de caráter beneficente, cultural e de promoção humana.

A EPSA atua com protagonismo no resgate da cidadania e na inclusão social de adolescentes, jovens e adultos. Proporciona aos alunos o aumento da escolaridade, a capacitação para o mundo do trabalho e o acesso à universidade. São 12 cursos gratuitos nos segmentos de Qualificação Profissional, Educação Profissional e Tecnológica de Nível Médio, Ensino Médio Regular e Educação de Jovens e Adultos – EJA.

Pão de Açúcar apresenta cardápio especial com menu completo para o Dia das Mães

World Class Brasil