Energia elétrica deve ficar mais barata! Confira

Foto: Site Nação Jurídica.
Foto: Site Nação Jurídica.

Uma notícia boa para o início de ano do brasileiro. A partir desse mês de janeiro, os clientes que consomem mais de 500 quilowatts-hora por mês podem aderir à tarifa branca e gastar menos com a conta de luz.

Os focos são aqueles que utilizam a energia fora do horário de pico, o regime considera o horário do consumo para definir o preço da tarifa. O novo modo é vantajoso para os consumidores que concentram os gastos de energia entre 22h de um dia e 17h do dia seguinte. Em contrapartida os gastos entre 17h e 22h podem ficar até cinco vezes mais caros.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) todas as distribuidoras do país deverão atender aos pedidos de adesão à tarifa branca das novas ligações e dos consumidores com média mensal superior a 500 Kwh.

anúncios

A partir de janeiro de 2019, consumidores com consumo médio mensal acima de 250 kWh poderão migrar para o novo regime. Finalmente, a partir de janeiro de 2020, todos poderão migrar.

 

Por Redacao

.

#97anosdeglorias – Hoje Minas Gerais é azul celeste!

Tarifas de Transporte Público não devem sofrer aumento em BH