Empresário inaugura posto de combustíveis e serviços ALE na região da Linha Verde

Nova revenda está localizada a cerca de 20km do aeroporto de Confins

A rodovia MG-10, uma das principais vias de acesso ao aeroporto de Confins (MG), recebeu, no dia 30 de janeiro, um novo posto de combustíveis e serviços com a bandeira ALE. O posto Serena Norte está localizado em uma região estratégica na avenida Coletora Um, 848, na altura do bairro Morro Alto, sentido Confins/Belo Horizonte, a cerca de 20km do aeroporto.

A revenda, que ocupa uma área de 4.200 metros quadrados, deve comercializar, inicialmente, 800 mil litros de combustíveis por mês. Além disso, oferece serviços no segmento de lubrificantes e, em breve, terá loja de conveniência e lava jato. “Estamos preparando um espaço que vai trazer mais conforto e praticidade para os motoristas nesse trajeto do aeroporto, com tudo que ele precisa”, explica o proprietário do Serena Norte, Carlos Eduardo Campolina. Ele destaca que o posto fica em uma área com fluxo intenso de veículos.

Campolina está no mercado há aproximadamente 20 anos e diz ter boas expectativas em relação a mais uma parceria com a companhia. “Esse é o nosso terceiro posto com bandeira ALE. Já temos negócios de sucesso e a nossa expectativa é de crescimento”, declara.

anúncios

Com a inauguração, a marca ALE chega a 310 postos em Minas Gerais. “A presença da companhia no estado é cada vez mais forte. Possuímos base de armazenagem e distribuição de combustíveis em Betim e um relacionamento bem próximo com toda a revenda”, afirma o diretor comercial da companhia, Renato Rocha. Segundo ele, a parceria tem muito potencial. “A inauguração do Posto Serena Norte deixa a nossa rede ainda mais forte.”

Metas para o ano
Em 2021, quando completa 25 anos de atuação, a ALE pretende conquistar 150 novos postos para a rede que mantém em 21 estados e no Distrito Federal. Em relação ao volume de combustíveis, a meta é chegar a aproximadamente 4,2 bilhões de litros, 9% a mais que o registrado em 2020. O faturamento deve crescer 11% sobre os cerca de R$ 13 bilhões apurados no ano passado. Em Minas Gerais, a meta é fechar contratos para a implantação de 24 revendas.

O segmento de grandes consumidores (COF) —composto por empresas de transportes, locadoras de veículos, agroindústrias, mineradoras, fazendas, entre outros setores com grande demanda para abastecimento de frotas e equipamentos— também será foco de crescimento neste ano. Depois de chegar ao fim de 2020 com 134 novos clientes com contrato de fornecimento exclusivo ALE, a meta em 2021 para esse segmento é conquistar mais 144. Além disso, faz parte dos desafios para este ano a manutenção dos cerca de 6,2 mil clientes ativos, para os quais a empresa é responsável, mensalmente, pelo abastecimento integral ou parcial.

“Acreditamos que este ano vai representar mais oportunidades e melhores chances de crescimento, além de um mercado mais saudável. Estamos preparando novidades e projetando a expansão do nosso programa de recompensas Livelo, das lojas de conveniência, das unidades de serviços automotivos, em mais um ano de ampliação da parceria com a Mobil, e, claro, fortalecendo e capacitando nossa revenda e a equipe dos postos da rede”, afirma o presidente da ALE, Fulvius Tomelin. “Diversas novidades estão por vir ainda neste ano.” A meta para 2021 é alcançar 30 novas lojas de conveniência com a marca exclusiva ALE.

Pandemia reforça tendência dos empreendimentos de uso misto

Iniciativa da Coca-Cola incentiva consumidores a espalhar mensagens e pensamentos positivos