“Deadpool 2” o anti-herói de maior bilheteria

Foto: Divulgação Marvel

O super-herói (que na verdade é um anti-herói) e que ainda tem um humor único no mundo cinematográfico. No último dia 17 de maio aconteceu nas telonas de todo o mundo a estreia do segundo filme de “Deadpool”.

Aquele que não tinha nada para dar certo, pois não carrega consigo um padrão de qualidade de um herói, e acredite que nem a própria produtora acreditava no sucesso do filme, é simplesmente um dos longas metragens de maior sucesso da Marvel. O início da história acontece quando um ex-agente especial passou a trabalhar como mercenário e, todos os seus propósitos são destruídos, quando um cientista do mal desfigura Wade e o transforma em Deadpool.

+Nesta quinta mais de 800 lojas vão comercializar produtos sem impostos em BH

anúncios

+Posto de BH venderá gasolina a R$ 2,281 nesta quinta-feira

No primeiro filme, Deadpool vive com a intenção de acabar com o homem que mudou a sua trajetória e quase acabou com a sua vida. E, nessa mistura os x-man Wendy e Colossus tentam convencer Deadpool a se tornar um herói tradicional, o que não funciona muito.



Já o segundo filme era um mistério para os fãs: O que o Deadpool vai aprontar desta vez? O enredo novamente se passa com os x-man Wendy, Colossus e desta vez com namorada de Wendy. Uma série de fatores acontecem durante o filme, não vou dar Spoiler aqui (rs) e mostram que Deadpool, apesar das piadinhas fora de hora e de algumas atitudes, é um ultra super-herói que agora tem a sua própria equipe de metahumanos: X-force.

A arrecadação de “Deadpool 2” é uma das melhores entre os filmes indicados para maiores.  Nesta terça-feira o longa bateu a marca de US$ 12,4 milhões de dólares arrecadados, aumentando o seu montante para US$ 330 milhões em menos de uma semana.

A expectativa é que o próximo filme seja da x-force, a nova equipe formada por Deadpool e que o longa seja tão hilário quanto o do próprio “Deadpool”

Por Redacao

.

8ª edição da Festa Portuguesa já tem data marcada em BH

4 serviços essenciais afetados pela greve dos caminhoneiros em Belo Horizonte