Construtora dribla escassez de mão de obra ofertando formação profissional

Grupo EPO reforça a sua política de capacitação para atender a alta demanda do mercado, assim como a evolução tecnológica no setor

 

 

anúncios

 

Diante do aquecimento do mercado imobiliário e alta demanda por novos empreendimentos, um problema veio à tona: a escassez de mão de obra qualificada. Para equacionar essa conta o Grupo EPO segue investindo na capacitação para desenvolver e preparar os trabalhadores para a evolução tecnológica no setor.

 

Segundo a empresa, as áreas que mais carecem de capacitação e aprimoramento técnico, são aquelas que estão diretamente relacionadas ao processo de edificação, como os carpinteiros, encarregados e mestres de obras.

 

“O setor cresceu e para acompanhar essa expansão e nos manter como pioneiros, a EPO investe fortemente em inovação.  Para isso, precisamos contar com profissionais que estejam habilitados para operar os sistemas informatizados e, sobretudo, manter nosso padrão de qualidade ”, explica Leandro Campos,  gestor de Segurança do Trabalho da EPO. 

 

O relato de Leandro corrobora com o levantamento da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), que aponta que 59% dos empresários consideram que a falta de qualificação profissional é o principal obstáculo para a contratação. Contudo, o Grupo EPO se preparou para levar os profissionais interessados em se aprimorar, para a sala de aula. 

anúncios

 

“A EPO Tem como marca o desenvolvimento de seus trabalhadores. Neste mercado aquecido, capacitar a mão de obra é fundamental para ocupar esta lacuna, além de gerar mais empregos”, salienta Leandro. 

 

Na EPO há 9 anos, Maurício Junior Nascimento, saltou do cargo de servente para o de mestre de obras. Hoje, ele comanda uma equipe de 20 pessoas. Ele conta que a experiência foi adquirida no dia a dia de trabalho e por meio dos treinamentos ofertados pela EPO. “A forma de lidar com a equipe mudou bastante e as tecnologias e ferramentas de trabalho inovam a cada dia. Para nos adaptarmos a esse cenário e progredir junto com a empresa, temos que nos especializar e buscar conhecimento, senão ficamos para trás”, conta o mestre de obras.

anúncios

 

Política de qualificação

 

Ao serem contratados, os trabalhadores diretos do Grupo EPO recebem um treinamento admissional sobre saúde e segurança do trabalho. Os terceirizados também recebem a mesma qualificação. A  empresa também viabiliza uma capacitação, em parceria com o Sesi, para formação de mestres e encarregados de obras, que ocorre após o horário de trabalho na própria empresa ou instalações do Sesi para aulas práticas. 

 

Outra ação é o “Projeto Evoluir”, realizado pelos departamentos de Segurança do Trabalho e de Gestão de Pessoas da construtora, para capacitar todos os trabalhadores. Na prática, são cursos nas áreas de Segurança do Trabalho, Gestão e Gerenciamento de Conflitos, que também estão na esteira de formações ofertadas para outras áreas da empresa, como engenheiros, gestores de obras, administrativos de obras, técnicos em segurança, auxiliares e estagiários.

 

“Neste segundo semestre, focamos em nossas lideranças onde já realizamos ações de desenvolvimento, tais como gestão pelo exemplo, gerenciamento de conflitos, capacitação em normas de segurança que estão sendo atualizadas pelo Ministério do Trabalho, saúde mental em tempos de pandemia e desenvolvimento comportamento em situações adversas”, conta Leandro Campos.  

 

Grupo EPO

 

O Grupo EPO é uma construtora que atua há 29 anos no mercado da construção civil no desenvolvimento de empreendimentos de alto luxo. Com aproximadamente 350 colaboradores diretos e 350 indiretos, a empresa preza pela qualidade, segurança, inovação e respeito ao meio ambiente. Ao longo desses anos, são mais de 400 obras de alto padrão entregues e mais de 1.500.000 m² construídos.

 

Saiba mais em https://epo.com.br/

 

 

EXTRA oferece ceia completa para o fim de ano

Aumento de chuvas necessitam de cuidados redobrados com as viroses