CMI/Secovi-MG promove palestra sobre “cidades inteligentes” no dia 2 de abril

Foto: Divulgação

A CMI/Secovi-MG (Câmara do Mercado Imobiliário e Sindicato das Empresas do Mercado Imobiliário de Minas Gerais) promove, no dia 2 de abril (terça-feira), a partir das 8h30, a palestra “A Nova Era de Cidades mais Inteligentes: ameaça ou oportunidade para o setor imobiliário?”.

+Jantar harmonizado é atração desta sexta no Yuru

O objetivo é capacitar os empresários e profissionais do mercado imobiliário  mineiro para lidarem com os novos desafios ligados a sustentabilidade e tecnologia. As inscrições para a palestra devem ser feitas pelo e-mail [email protected]; o investimento é de R$ 150 para associados à CMI/Secovi-MG e de R$ 200 para não-associados. O evento será na sede da instituição, localizada na rua Sergipe, 1000 – Savassi e tem vagas limitadas.



Integrando a programação do Café da Manhã com o Mercado, a palestra será ministrada pelo expert mundial em smart cities Renato de Castro. “Hoje, o planeta exige novas posturas e os empreendimentos precisam estar adaptados às tecnologias atuais. Para discutir esses pontos, decidimos trazer para Belo Horizonte um dos maiores especialistas da atualidade em termos de cidades inteligentes. Durante o evento, ele vai apresentar as principais tendências mundiais no tema e falará sobre abordagens comerciais e novos consumidores em ascensão”, adianta o vice-presidente das Corretoras de Imóveis da CMI/Secovi-MG, Leirson Cunha.

anúncios

Durante o evento, a entidade vai apresentar uma missão intercontinental que será realizada, em setembro, em duas das cidades mais tecnológicas do mundo: Dubai e Abu Dhabi, localizadas nos Emirados Árabes Unidos. Na visita técnica, os participantes terão acesso às metodologias de trabalho de empresários e dos governos locais por meio da aproximação com órgãos governamentais e consulados e da imersão em empresas. “Nosso objetivo principal com a missão é entender como o setor imobiliário tem feito para tornar mais fáceis, seguras e ágeis as operações imobiliárias nos Emirados Árabes Unidos e compreender como o setor público tem colaborado para isso, sobretudo com a utilização de tecnologia blockchain. Com essa iniciativa, tantos os participantes da missão quanto a CMI/Secovi-MG estarão muito mais preparados na apresentação e apoio de propostas de projetos para os setores privado e público no que tange o uso das novas tecnologias que permeiam o mundo das smart cities”, afirma Leirson Cunha.

Written by Redacao

.

Cofice: uma opção para o seu café da manhã em BH

5ª edição do Festival Brasil Sertanejo acontece em março