Cemig completa 16 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial – ISE B3

Companhia tem forte atuação com foco na sustentabilidade, o que tem garantido a permanência no Índice em tantas edições

A Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig foi eleita, pela 16° ano, para compor a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial – ISE da Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo, no período de 4 de janeiro a 30 de dezembro de 2021.

A manutenção da Cemig no ISE B3 demonstra o compromisso contínuo da companhia em adotar as melhores práticas de ESG, sigla em inglês para padrões ambientais, sociais e de governança, que ganham espaço no mercado.

Para o gerente de Sustentabilidade da Cemig, Adiéliton Galvão de Freitas, toda a companhia está focada na criação de valor para os seus acionistas, empregados e fornecedores; além de gerar o bem-estar da sociedade mineira, por meio do aprimoramento das práticas de sustentabilidade empresarial”.

anúncios

Sobre o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE B3)
O ISE B3 ajuda investidores a tomarem suas decisões de investimento e induz as empresas a adotarem as melhores práticas de sustentabilidade. A nova carteira reúne 46 ações, de 39 empresas de 15 setores. Juntas, as companhias somam R$ 1,8 trilhão em valor de mercado, 38% do total do valor de mercado das companhias com ações negociadas na B3, com base no fechamento de 25 de novembro deste ano.

O indicador de sustentabilidade subiu mais e teve menor volatilidade do que o Ibovespa, principal índice de referência da bolsa, desde que foi criado, em 2005. No período, o ISE B3 se valorizou 294,73%, enquanto o Ibovespa teve alta de 245,06% (com base no fechamento de 25 de novembro de 2020). O indicador de sustentabilidade teve volatilidade de 25,62%, contra 28,10% do Ibovespa.

 

Por Redacao

.

Artemisia é eleita, pelo terceiro ano consecutivo, uma das 100 Melhores ONGs do Brasil

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO REÚNE CULTURA DE DIVERSOS PAÍSES NO SHOPPING DEL REY