Casa Fiat de Cultura apresenta Trio Musik

Foto: Taiane Costa

Casa Fiat de Cultura apresenta, no domingo, dia 28 de abril, às 11h, o concerto “Da genialidade do classicismo ao sentimentalismo de Piazzolla”, interpretado pelo Trio Musik. O grupo de câmara realizará uma “viagem” pela música, das obras de compositores como HaydnBorodin e o pianista húngaro Dohnányi ao tango argentino do bandeonista Astor Piazzolla. O repertório escolhido pelo Trio, formado por Rodrigo de Oliveira (violino), Roberto Papi (viola) e William Neres (violoncelo), foi especialmente selecionado para a primeira apresentação do programa Música na Capela. O concerto será realizado na Capela de Santana, localizada nos jardins da Casa Fiat de Cultura. A entrada é gratuita, com espaço sujeito a lotação (80 lugares).

Desde 2015, o Música na Capela busca ampliar a formação musical do público, ao oferecer apresentações de experientes corais e grupos de câmara, com repertório diversificado e acesso gratuito. O programa é uma realização da Casa Fiat de Cultura e do Ministério da Cidadania, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com o patrocínio da Fiat Chrysler Automóveis (FCA), Fiat Chrysler Finanças e do Banco Safra, e conta com apoio institucional do Circuito Liberdade, do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico (Iepha), do Governo de Minas e do Governo Federal.

Os compositores

O compositor austríaco Franz Joseph Haydn é considerado o pai da sinfonia. Foi o primeiro nome do classicismo vienense, seguido por Mozart e Beethoven. Seu trabalho, que compreende sinfonias, óperas, aberturas, cantatas e oratórios, destacou-o como uma das mais importantes figuras da música instrumental. Dentre as mais reconhecidas obras de Haydn, estão Sinfonias de Solomon e os oratórios A criação e as estações.

anúncios



Ernő Dohnányi, compositor, pianista e maestro húngaro do final do século XVIII e início do século XIX, é reconhecido, principalmente, por seu trabalho Variationen über ein Kinderlied (Variações sobre uma canção de ninar), para piano e orquestra. É autor de duas sinfonias, dois concertos para violino e dois para piano, além de três quartetos de cordas e várias peças para piano. Também foi regente da Filarmônica de Budapeste. A música de Dohnányi também teve fortes influências do compositor alemão Johannes Brahms, uma das mais importantes figuras do romantismo musical europeu do século XIX.

Aleksandr Borodin foi um compositor e químico russo de origem georgiana do século XIX. Participou do “Grupo dos Cinco”, ao lado de Mily Balakirev, César Cui, Modest Mussordsky e Nikolai Rimsky-Korsakov. Sua obra mais conhecida é a ópera Príncipe Igor, com um prólogo e quatro atos. Borodin também é conhecido pela Sinfonia nº2 em si menor, considerada uma das mais belas composições da música, além do Quarteto para cordas nº1 em lá maior.

Filho de italianos, Astor Piazzolla nasceu em Mar Del Plata, na Argentina, e é considerado o compositor de tango mais importante da segunda metade do século XX. Aos 8 anos, ganhou o primeiro bandoneón e, aos 9, começou estudar música clássica. Entre suas composições, destacam-se: Adiós Nonino, LibertangoFuga y mistérioDecarísimoMilonga del ángelLa muerte del ángelBalada para un locoOblivionBuenos Aires hora cero. A música de Astor Piazzolla incorporou, ao tango tradicional, recursos da música clássica e do jazz, um resultado extremamente inovador e que revolucionou os conceitos desse ritmo portenho.

Trio Musik

Fundado em 2016 e formado pelo violinista Rodrigo de Oliveira, pelo violista Roberto Papi e pelo violoncelista Willian Neres, o Trio Musik já tem grande destaque em várias salas de concertos. Em Da genialidade do classicismo ao sentimentalismo de Piazzolla, concerto a ser apresentado na Casa Fiat de Cultura, os músicos realizam uma viagem cultural – de Haydn, no período do Classicismo, a Aleksandr Borodin, no século XIX; de Dohnányi, no século XX, ao sentimentalismo do renomado bandoneonista Astor Piazzolla, que nos envolve com sua música e seu ritmo distinto do tango argentino.

O Trio busca proporcionar, ao público mineiro, a oportunidade de conhecer e se aproximar da música erudita, de modo a fomentar a música clássica de câmara à população, além de formar plateias e apreciadores de todas as idades para esta arte que se faz digna de mais espaço no cenário musical do país.

Informações

anúncios

 

Música na Capela de Santana da Casa Fiat de Cultura

Praça da Liberdade, 10

29 de abril de 2018, domingo, das 11h às 12h

anúncios

Entrada gratuita

 

Trio Musik

Rodrigo de Oliveira, violino

Roberto Papi, viola

Willian Neres, violoncelo

Programa

 

Variations in G minor – Andantino –  Aleksandr Borodin

Divertimento N.1 in G Major – Joseph Haydn

Divertimento N.2 in A Minor – Joseph Haydn

Serenade 0p.10 in C. Major – Ernó Dohnányi

Oblivion – Astor Piazzolla

Libertango –  Astor Piazzolla

 

Entrada gratuita

Casa Fiat de Cultura

Circuito Liberdade

Praça da Liberdade, 10 – Funcionários – BH/MG

Horário de funcionamento: terça a sexta, das 10h às 21h – Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h



Written by Redacao

.

Como fazer parte do programa Bolsa Família?

Plenitude inicia operação em Minas Gerais com duas lojas no Shopping Minascasa