Casa do Baile apresenta minidoc que destaca relevância do painel Oscar Niemeyer

A Casa do Baile – Centro de Referência de Arquitetura, Urbanismo e Design lança nesta terça-feira, 28/6, o minidocumentário “Casa Adentro – Painel Oscar Niemeyer”, uma produção que integra as ações educativas desenvolvidas pela unidade museal e dá sequência à série “Casa Adentro”, que resgata importantes elementos deste patrimônio da humanidade e de sua edificação que completa 80 anos. O vídeo está disponível no Canal da Fundação Municipal de Cultura no Youtube e pode ser visto também no site pampulhaterritoriomuseus.com.br.

O minidoc apresenta o Painel Oscar Niemeyer, feito à mão pelo próprio arquiteto que projetou a Pampulha. Em 21 de março de 2003, durante uma visita à Casa do Baile recém restaurada para ser reaberta como espaço cultural, Niemeyer desenhou croquis da Pampulha e de Brasília. No centro, há a inscrição “Pampulha foi o início de Brasília. Os mesmos problemas, a mesma correria, o mesmo entusiasmo. E seu êxito influiu, com certeza, na determinação com que JK construiu a nova capital”. Tal escrita foi realizada pelo seu então assistente Jair Valera, que participa do minidoc e dá seu depoimento sobre a experiência de trabalhar com Niemeyer e, também, sobre a confecção do painel.

anúncios

O Painel Oscar Niemeyer é um importante registro da passagem do arquiteto pela Pampulha, um marco inicial de sua carreira e reconhecida mundialmente. Ele é apresentado pelo relato de profissionais que acompanharam o contexto da sua elaboração, como os arquitetos Flávio Carsalade e Jair Valera. Carsalade integrou a comissão de restauro da Casa do Baile, em 1998, quando finalizou seu mandato como presidente do Instituto dos Arquitetos do Brasil – Departamento Minas Gerais. Ele participou das iniciativas que discutiram a nova vocação do espaço como Centro de Referência de Arquitetura, Urbanismo e Design, realidade desde 2002. Jair Valera, assistente e colaborador de Oscar Niemeyer, esteve presente no momento da confecção do painel e foi o responsável pela escrita da célebre citação de Niemeyer “Pampulha foi o início de Brasília (…)”.

A produção do minidocumentário é uma realização da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, e do Instituto Periférico.

SOBRE O PAMPULHA TERRITÓRIO MUSEUS

O projeto “Pampulha Território Museus” desenvolve, desde dezembro de 2020, diversas ações visando à promoção e à ampliação das Políticas de Patrimônio e Memória e o fortalecimento da cultura e do turismo na Pampulha. O projeto potencializa as unidades museais presentes na paisagem cultural do Conjunto Moderno da Pampulha – o Museu de Arte da Pampulha e a Casa do Baile – Centro de Referência de Arquitetura, Urbanismo e Design, reconhecidos pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade, e o Museu Casa Kubitschek, importante ícone da arquitetura residencial modernista. O “Pampulha Território Museus” é uma parceria entre a Fundação Municipal de Cultura e a OSC Instituto Periférico, selecionada por meio de edital, e prevê, até junho de 2022, uma programação cultural inovadora. São três exposições, 25 atividades culturais, 56 atividades educativas, três publicações e muitas outras ações.

Serviços | Lançamento do minidocumentário “Casa Adentro – Painel Oscar Niemeyer” Data: 28/6

Local: pampulhaterritoriomuseus.com.br

Por Redacao

.

“Histórias” tem mais de 80% dos ingressos vendidos para a edição que acontece em BH

Arraial do Minas Shopping tem oficinas infantis e festa junina para pets