Black Friday ou Black “Fraude”? 4 dicas para comprar bem na data

Uma das datas mais aguardadas pelos comerciantes e pelos consumidores é a Black Friday. Esta é a nona edição do evento no Brasil e já é considerada uma das principais datas de venda para o comércio brasileiro.

As estimativas são que as vendas subam 20% em relação ao mesmo período do ano passado e que cheguem a movimentar algo próximo a R$ 2.2 bilhões de reais. Entretanto o consumidor deve estar sempre atento para não levar “Gato por Lebre”.

Por isso o belohorizonte.com.br preparou uma série de dicas para você que pretende comprar na Black Friday.

  • Sempre desconfie de descontos muito altos.

Se você quer comprar, por exemplo, uma televisão na Black Friday é sempre bom ficar atento aos preços do produto pelo menos com um mês de antecedência.

anúncios

Às vezes as empresas fazem a famosa “metade do dobro”, por isso o consumidor deve estar sempre dando atenção aos valores para ver se realmente a compra vale a pena.

Foto: Montagem Internet
Foto: Montagem Internet/Vida de Programador 
  • Confira se a loja possui uma conexão de segurança nas páginas em que serão informados os dados do cliente.
Fonte: Tenor

Um dos mercados mais movimentados da data é o do e-commerce. Por mais que a loja seja de sua confiança, é sempre válido checar alguns itens básicos de segurança para não cair em sites ou ofertas fakes.

Verifique se a loja possui a chamada conexão de segurança, procure saber também sobre a experiência de compra de consumidores e sempre verifique os dados da loja online fornecidos pelo site, como endereço físico, telefones fixos e CNPJ. Em caso de duvidas ligue para o SAC que é fornecido pelo site da organização.

  • Evite cair em armadilhas
Fonte: Tenor

No Brasil há o site oficial da Brack Friday (http://www.blackfriday.com.br/). Nele são informados as lojas participantes e onde é possível de cadastrar para receber com antecedência as melhores ofertas dos parceiros do site. Basta cadastrar o seu e-mail.



  • Não se endivide
Fonte: Tenor

De acordo com pesquisas recentes encomendadas pelo Serasa mais de 60 milhões de brasileiros estão com dívidas atrasadas. São Paulo é a capital onde há o maior número de endividados e nossa Belo Horizonte passou a ser uma das menos endividadas do país.



Os economistas recomendam que no máximo 30% da renda liquida sejam comprometidas com dívidas, embora o número ideal seja abaixo de 20%. Portanto para não começar 2018 no vermelho, preste bastante atenção no valor do produto e no número de parcelas, assim como nos Juros sobre as compras parceladas.

Gostou? Compartilhe! E claro, deixe sua opnião sobre a Black Friday.


Por Redacao

.

Aulas gratuitas de culinária são mais uma atração do projeto “Felizidade” no Minas Shopping

Filarmônica de Minas Gerais encerra a edição 2018 dos Concertos para a Juventude