BH começará a testar ônibus elétricos; verifique as linhas

A avaliação tem duração prevista de 30 dias. Além do consumo de energia, alguns itens serão observados, como adaptabilidade aos tipos de solo e relevo

 

 

Belo Horizonte começa nesta sexta-feira (11 de dezembro) os testes de ônibus 100% elétricos no sistema de transporte público da capital. A avaliação tem duração prevista de 30 dias e será executada em quatro linhas da cidade, cada uma com características próprias.

anúncios

O teste avaliará itens como a adaptabilidade dos ônibus às condições climáticas de Belo Horizonte e aos tipos de solo e terreno urbano. Além disso, o nível de emissão de poluentes atmosféricos será monitorado. Também observará o consumo coletivo de energia e a autonomia da bateria em condições normais e severas.

Uma das principais características dos ônibus elétricos é que quase não há ruído. Os efeitos sonoros evitados também serão avaliados durante o teste.

O carro usa chassis D9A, é equipado com baterias e tem autonomia média de 210 quilômetros. O coletivo, construído pela Marco Polo, tem 12,6 metros de comprimento e pode transportar até 36 passageiros. O autocarro tem capacidade para 72 pessoas e está equipado com ar condicionado, sistema de suspensão pneumática e zona para cadeiras de rodas.

O teste do ônibus elétrico faz parte do “Projeto E-Mobilidade”, resultado da cooperação entre o ICLEI / TAP (Plano de Ação de Transformação / Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura Municipal), Prefeitura de Belo Horizonte / Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Cemig SIM. fornece soluções de energia ecologicamente corretas.

“A Prefeitura de Belo Horizonte deu mais um passo na busca por uma cidade cada vez mais sustentável. O teste dos ônibus elétricos é fundamental para avaliarmos os benefícios, os desafios potenciais e a aceitação dos usuários do transporte público da capital. Diogo Prosdocimi, presidente da A BHTrans afirmou que essas informações continuarão avançando e ajudarão a planejar o futuro transporte de Belo Horizonte, onde o caminho natural de todas as grandes cidades do mundo é encontrar meios de transporte que utilizem energia limpa.

Linhas

O ônibus será operado pela Viação Torres. A primeira linha de produção a receber o grupo de tecnologia elétrica será a 9250 (Caetano Furquim / Nova Cintra) nesta sexta-feira. É uma linha periférica que liga as duas áreas sem passar pelo centro da cidade. O roteiro é uma das maiores rotas de transporte público de Belo Horizonte, com 28 quilômetros de extensão, passando por 14 localidades diferentes.

Nos próximos 30 dias, outra linha de ônibus elétricos será o 5503A, que ligará o Bairro Goiânia, na região nordeste de Belo Horizonte, ao centro da cidade. Portanto, esta é uma meia linha de som. 9105 (Nova Vista / Sion) também está na lista porque conecta os dois blocos pelo Hipercentro.

anúncios

Ônibus elétrico será testado por 30 dias em Belo Horizonte, em quatro linhas da cidade
(foto: Divulgação/BHTrans)

Por Redacao

.

Janaúba sedia a Mostra Gorutuba de Cinema na próxima semana

Hotel Nacional Rio de Janeiro com diarias a partir de 305 reais