Autobiografia: escrever sobre você mesmo

A biografia é marcada pela narração dos fatos e deve seguir a ordem dos acontecimentos. 

Como fazer uma biografia pessoal é uma curiosidade que muitas pessoas têm uma vez que a biografia simples deve ser escrita na terceira pessoa, uma vez que ela retrata a história que é contada por um autor que não participou dos eventos que estão sendo narrados.

anúncios

Já o texto biográfico pessoal é aquele narrado em primeira pessoa e deve contar a vida da pessoa pelo seu próprio ponto de vista. Por esse motivo, é bastante recorrente que o leitor venha a relacionar a escrita de biografias com as mais variadas personalidades famosas, uma vez que a narrativa da vida de pessoas famosas das mais diferentes esferas aumente a curiosidade  das outras pessoas. 

Ainda assim, as pessoas comuns também podem escrever o seu próprio modelo de biografia  e algumas obras têm até mesmo repercussão internacional.

Para começar a escrita de uma biografia é recomendada a realização de uma pesquisa aprofundada sobre a vida de quem será retratada na biografia. Através do estudo de materiais como livros, textos ou até mesmo os filmes sobre o tema.  É importante visitar bibliotecas e museus, comprar os mais diversos livros e revistas. Ao viajar para os lugares em que a pessoa biografada esteve, como por exemplo as instituições de ensino que foram frequentadas por ela. 

Os tipo de de biografia que existem


Uma boa biografia deve ter a mesma motivação de qualquer tipo de livro de ficção. Uma vez que é uma excelente ideia que o escritor quer concretizar sob a forma das palavras seguir uma inspiração.

 Ter um exemplo de biografia pronta, é uma excelente opção para escrever biografias interessantes e para montar um texto desse tipo é importante conhecer os tipo de biografia que existem e como é a sua classificação. 

  • Biografia: é o gênero que narra a vida de certa pessoa que pode ser ou não famosa e que deve ser escrito seguindo a estrutura gramatical da terceira pessoa ao ter como base as pesquisas ou até mesmo podendo entrevistar a pessoa. É recomendado que o autor do texto não tenha envolvimento emocional.

 

  • Autobiografia: é o gênero que a própria pessoa escreve e que é o assunto da biografia, e por esse motivo a narrativa deve ser na primeira pessoa da gramática. É comum que exista envolvimento emocional e a visão de mundo do autor no texto.

 

  • Minibiografia: se trata do resumo de uma biografia com o intuito de fazer um material específico, podendo ser a parte interior dos livros que, de modo geral, serve como a apresentação do escritor; ao apresentar um entrevistado durante um processo seletivo, independente da mídia. Uma vez que é a colocação em um contexto de uma pessoa em um meio de publicidade e demonstrar todo o seu conhecimento em determinado assunto.

 

anúncios

É possível também realizar uma entrevista com a personalidade que vai ser retratada na obra por meio de uma conversa mais direta com a pessoa a ser biografada para saber um pouco mais sobre ela. 

Alguns textos de biografias seguem um modelo diferente. Uma vez que são sob a forma de tópicos que devem mencionar cada um dos mínimos detalhes possíveis e, por sua vez, possuem milhões de páginas. Essas são as biografias sobre pessoas bastante conhecidas. 

Dessa forma, a biografia é conhecida por apresentar um relato sobre a vida de outra pessoa (ou sobre a sua própria vida). Não tem uma quantidade de páginas pré estabelecidas. Uma vez que o mais importante é informar de um jeito muito claro todos dados, todas as curiosidades da pessoa sobre qual o texto é o assunto. 

Obras autobiográficas no Brasil

anúncios

Para escrever uma biografia sobre mim, algumas características devem ser seguidas uma vez que falar de si mesmo sempre é muito difícil. 

Ao escrever um  texto sendo sobre você mesmo, é fundamental narrar os fatos para que o leitor consiga se identificar com você e para isso, é preciso considerar que você é um desconhecido para ele. 

É fundamental usar todas as datas de nascimento e de falecimento, as principais ações e as mais importantes contribuições da pessoa uma vez que todas essas informações que são consideradas básicas, são as mais importantes. Também, as informações sobre a vida pessoal do biografado tais como  os casamentos, os filhos e a sua infância. 

Por exemplo, a biografia profissional relata da forma mais direta e mais eficaz quem você é, o que faz e qual a sua maneira de ver o mundo. Esse gênero textual pode ser solicitado pelo empregador para o propósito do site de uma empresa ou até mesmo pode ser solicitado com o tema de redação nos principais processos seletivos para ingressar em empregos em todos os cantos do nosso país. 

Conhecer o público-alvo é essencial e principalmente ele é formado pelos recrutadores de processos seletivos. Veja bem, eles podem se interessar pelas suas habilidades, por toda a sua bagagem de formação acadêmica e também pelo seu grau de experiência. No momento da escrita de um livro, seria necessário citar as principais experiências no ramo que possam demonstrar toda a expertise e o domínio sobre determinado tema. 

Por fim, é preciso questionar quais seriam as informações mais relevantes que o leiteir gostaria de saber sobre o autor do livro e quais os fatos que poderiam ser considerados como irrelevantes. 

Zeladoria do Planeta promove caminhada ecológica neste domingo, no Parque Serra do Rola Moça

Festival Sertanejo realiza segundo dia de shows em BH, neste sábado