Alunos do Colégio Santo Agostinho têm filme selecionado para a 17ª Mostra de Cinema de Ouro Preto

Um filme elaborado por alunos participantes do módulo formativo “Cinema Além das Telas”, da 2ª série do Ensino Médio do Colégio Santo Agostinho, foi selecionado para a 17ª Mostra de Cinema de Ouro Preto (CineOP) como parte integrante da Mostra Educação. O filme “Womanhood”, exibido nesta segunda-feira (27), tem direção de Ana Clara Scigliano, que constrói uma narrativa com base na sua infância e do irmão gêmeo, também aluno do Colégio.

“No curta, eu reflito sobre como o gênero interfere nas formas de criação de um indivíduo e como isso distorceu a minha percepção do que era ser mulher”, explica Ana Scigliano. Ela comenta que a produção do filme foi feita a partir de uma iniciativa da escola, de caráter teórico-prático, seguindo as inovações promovidas pelo novo Ensino Médio. O módulo formativo discute o cinema em várias dimensões, abordando as linguagens, etapas e técnicas, de maneira que os estudantes possam desconstruir e construir obras cinematográficas, a partir do desenvolvimento de habilidade que permitem compreender o cinema além da fruição estética, analisando as intencionalidades, recursos, processos e discursos de uma película.

anúncios

 

O incentivo à reflexão e à prática cinematográfica se encaixa em um dos pilares do novo Ensino Médio, que prevê que os estudantes desenvolvam habilidades importantes para a vivência em sociedade e para si próprios, como autonomia, cooperação, compreensão, responsabilidade, respeito e pensamento crítico sobre o mundo ao redor. “Acredito que possuir matérias diversificadas é essencial tanto para o aprendizado quanto para a formação do indivíduo em si. Isso traz uma percepção de individualidade e pertencimento muito poderosa”, avalia Ana Scigliano. Além disso, o currículo mais atualizado possibilita o aprofundamento dos alunos nas áreas em que mais se identificam.

 

Atualmente com 15 alunos, o módulo formativo “Cinema Além das Telas” é ministrado pelo professor Gustavo Jardim, ex-aluno do Colégio Santo Agostinho. Segundo ele, “a proposta era que os estudantes produzissem filmes com base nas experiências pessoais, mostrando novas formas de expressão, de falar e existir no mundo”. Para exemplificar e mostrar como o debate cinematográfico acontece no mundo, o professor apresentou um leque de filmes, de vários países: China, México, Argentina, Colômbia, Canadá e Estados Unidos, entre outros. Os estudantes  do Colégio Santo Agostinho já estão em Ouro Preto para prestigiar a exibição e comemorar o sucesso do curta.

 

Sobre o Colégio Santo Agostinho

O Colégio Santo Agostinho faz parte da Sociedade Inteligência e Coração (SIC), mantenedora das quatro unidades do Colégio Santo Agostinho (BH – bairros Santo Agostinho e Gutierrez, Contagem e Nova Lima) e obras sociais (Barreiro – Contagem – Bragança Paulista – Rio de Janeiro). Saiba mais em www.santoagostinho.com.br.

 

anúncios

Mostra Ouro Preto

Pioneira desde sua criação (2006) a enfocar a preservação audiovisual, memória, história e a tratar o cinema como patrimônio, a CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto está na 17ª edição, de 22 a 27 de junho de 2022, maior e mais convicta do seu papel – ser um empreendimento audiovisual de reflexão e luta pela salvaguarda do patrimônio audiovisual brasileiro, que contribui com um olhar para a história a partir do contemporâneo, em diálogo com a educação e em intercâmbio com o mundo. Para mais informações sobre a Mostra, acesse o site www.cineop.com.br.

 

 

anúncios

 

Por Redacao

.

Coca Cola FEMSA Brasil faz ação de sampling da cerveja premium Estrella Galicia em Minas Gerais

Vem aí o Festival Minas Jazz e Blues! Serão dois dias de programação com grandes artistas da cena musical