5 praças para conhecer em BH

Quem é do interior sabe bem a importância de uma praça no meio da cidade, com árvores, bancos e espaço para pratica de esportes e brincadeiras. Entretanto, em Minas Gerais essa tradição também é presente na Capital.

A cidade tem mais de 790 praças de 74 parques. A Organização Mundial da saúde recomenda 12 metros quadrados de área verde por habitante, em Belo Horizonte esse índice ultrapassa os 18.22 metros quadrados de área verde por pessoa.

+4 bares para conhecer em Belo Horizonte

anúncios

+Pub oferece jogos e rodízio de fritas por R$ 19,90 em BH

O site Belo Horizonte preparou um roteiro com dicas de praças para conhecer, passear, brincar  e praticar esportes em BH

Praça da Assembleia

Foto: Sarah torres / Divulgação

A praça ocupa uma área total de 33.700 metros quadrados na Capital. om projeto paisagístico de Burle Marx, é considerada a segunda maior praça da cidade, depois da Praça do Papa. Em seu espaço além de jardins, coreto, encontra-se a Igreja de Nossa Senhora de Fátima. O local além de oferecer um ótimo espaço para a pratica de exercícios físicos ao ar livre, também possui parquinhos com brinquedos para crianças de no máximo até 10 anos.

Endereço: Praça Carlos Chagas – Santo Agostinho

 



Praça Floriano Peixoto

Foto: Divino Advincula/Prefeitura de Belo horizonte

O local é uma área de convivência no Santa Efigênia. Possui um charme único e muito espaço verde, além de playground e espaço para a realização de eventos culturais. A Praça Floriano Peixoto também é conhecida por Praça do Quartel e Praça do BG, Batalhão da Guarda Municipal, por causa do 1º Batalhão da Polícia Militar de Minas.

Endereço: Praça Floriano Peixoto – Santa Efigênia
Complemento: Avenida Brasil, Avenida do Contorno e Rua Mana

anúncios

 

 

Praça da Liberdade

Foto: Marcelo Rosa

É uma das mais tradicionais e antigas da capital. Foi construída em 1903, sobre grande influência do paisagismo inglês naturalista. Foi um dos principais projetos do engenheiro Aarão Reis dentro do planejamento da nova capital. Os jardins só foram concluídos em 1905, sob o projeto de Paul Villon. Mais tarde, em 1920, por ocasião da visita dos reis da Bélgica, sua reforma sofreu grande influência do paisagismo francês, ganhando traçado geométrico, inspirado nos jardins do Palácio de Versailles.

O objetivo da praça foi, durante muito tempo, abrigar a sede do poder mineiro, composta pelos prédios do Palácio do Governo e das primeiras Secretarias de Estado. Ao longo dos anos, o complexo foi recebendo construções de diferentes estilos arquitetônicos, sendo hoje tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais – Iepha-MG.

anúncios

O local possui jardins, coretos, repuxos e estátuas em Mármore de Carrara. Está localizada no final da Avenida João Pinheiro, de frente para o Palácio da Liberdade, sendo cortada por dupla fileira de palmeiras imperiais.

Endereço: Praça da Liberdade – Savassi
Complemento: Avenida Bias Fortes, Avenida Brasil e Avenida João Pinheiro

Pra Dino Barbieri (igrejinha)

Foto: Antônio Rodrigues/ Divulgação

É uma das praças mais belas de Belo Horizonte. O local compõe o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, projeto do Arquiteto Oscar Neimeyer. Possui cerca de 9,5 m ²  e tem como cartão postal a Igreja de São Francisco de Assus. O local é uma excelente opção para caminhadas, corridas e contemplação.

Aldragos, agapantos, paineiras vermelhas, abricós de macaco, pau mulato, sibipirunas e ipês-roxo-de-bola são algumas das espécies que florescem o local.

Endereço: Avenida Otacílio Negrão de Lima, 3000 – Pampulha
Complemento: Nos fundos da Igreja São Francisco de Assis

Praça Duque de Caxias

Foto: O tempo / Divulgação

Inaugurada em 1937 com o nome de Praça de Santa Tereza, no bairro de mesmo nome, virou ponto de referência para a cidade, sendo palco de eventos culturais e de lazer. Em 1993, passou a se chamar Praça Duque de Caxias.

Com cara de interior no bairro mais boêmio da capital. A praça fica sempre repleta de crianças, tem muitos eventos culturais e ainda recebe um piquenique literário mensalmente.

Endereço: Praça Duque de Caxias – Santa Tereza
Complemento: Cruzamento das Rua Mármore, Rua Estrela do Sul e Rua Tenente Vitorino

 

Por Redacao

.

Tim recruta profissionais com deficiência para vagas em Belo Horizonte

Festival Saravá terá show de Marcelo D2 – Ingressos já estão à venda